16/10/2018 às 10h56

Seder desenvolve projeto com pescadores de Palmas para torná-los autossuficientes

imageDe acordo com o secretário da Seder, Roberto Sahium, que ministrou o curso, o pirarucu, surubim e a caranha são os mais indicados e se adaptam melhor ao tanque suspenso

De acordo com o secretário da Seder, Roberto Sahium, que ministrou o curso, o pirarucu, surubim e a caranha são os mais indicados e se adaptam melhor ao tanque suspenso

Fotógrafo: Divulgação

Fechar
imageDia de campo contou com ensinamentos teóricos e aula prática, momento em que os produtores aprenderam como construir o tanque e toda a parte técnica empregada no processo

Dia de campo contou com ensinamentos teóricos e aula prática, momento em que os produtores aprenderam como construir o tanque e toda a parte técnica empregada no processo

Fotógrafo: Divulgação

Fechar

Fernanda Mendonça

 

O tanque suspenso feito com tijolos de adobe é uma técnica de produção de peixes de baixo custo e acessível aos pequenos produtores, sendo uma das diversas tecnologias desenvolvidas e implementadas pela Secretaria de Desenvolvimento Rural de Palmas (Seder), em propriedades rurais da Capital.

 

 

E, por ser um importante instrumento para fomentar a agricultura familiar, a equipe técnica da Seder promoveu no último sábado, 13, e na segunda-feira, 15, o curso de Engenharia de Construção de Tanques Suspensos de Alvenaria de Adobe, para os pescadores que fazem parte da Colônia Z-10, na Praia das Arnos.

 

 

O dia de campo contou com ensinamentos teóricos e aula prática, momento em que os produtores aprenderam como construir o tanque e toda a parte técnica empregada no processo, como o uso de bomba d’água, manutenção, uso da água e as espécies recomendadas. Cerca de 100 pessoas participaram do evento no sábado e 22 pescadores compareceram a aula prática.

 

 

De acordo com o secretário da Seder, Roberto Sahium, que ministrou o curso, o pirarucu, surubim e a caranha são os mais indicados e se adaptam melhor ao tanque suspenso. “Com tantos problemas ambientais que vivenciamos e que estão afetando drasticamente o estoque de peixes disponíveis na natureza, temos que buscar alternativas para esses pescadores que tiram o sustento de lagos e rios. Queremos transformar esses pescadores em produtores”, informa.

 

 

A partir do momento em que os peixes forem colocados dos tanques, a retirada para abate deve ocorrer em até um ano, para que atinjam o peso ideal para comercialização. Cada tanque tem a capacidade de 30Kg de peixe por metro cúbico e a expectativa é de que a produção de pirarucu chegue a 200 espécies, de caranha de 600 e surubim atinja 500 peixes, em cada tanque.

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES