20/04/2017 às 10h34

Amastha fala sobre ações da gestão no 5º Encontro Diálogos da Sustentabilidade

imageAmastha:  "Palmas é a 1ª capital a universalizar o saneamento"

Amastha: "Palmas é a 1ª capital a universalizar o saneamento"

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar
imageO evento discutiu o tema “A busca por um estado eficaz”

O evento discutiu o tema “A busca por um estado eficaz”

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar
image

Fotógrafo: Júnior Suzuki

Fechar

Wédila Jácome

Diante de um auditório lotado de universitários, Carlos Amastha falou, nesta quarta-feira, 19, sobre as principais ações de sustentabilidade e qualidade de vida da administração municipal. Os casos foram abordados durante o 5º Encontro Diálogos da Sustentabilidade, realizado no auditório do Ceulp/Ulbra, com a presença de representantes dos poderes Executivo Estadual e Municipal, Legislativo e Judiciário Estadual.

 

Essa edição do projeto, que é desenvolvido pela rádio CBN, discutiu o tema “A busca por um estado eficaz”. A mesa foi mediada pelo jornalista Sydney Neto, que conduziu o diálogo com perguntas propostas pelos acadêmicos, buscando aprofundar as discussões sobre sustentabilidade e contribuir na construção de mecanismos que dêem sustentabilidade à gestão pública.

 

Antes do início das discussões, o idealizador do projeto, engenheiro agrônomo Ramis Tetu, apresentou uma espécie de “raio X”  da gestão pública no Brasil. Em sua primeira fala, o prefeito contrapôs os argumentos apresentados por Ramis. “O diagnóstico apresentado não traz nada de novo, pois são dados de conhecimento de todos e não podemos promover melhorias apresentado apenas pontos negativos. Em vez de propor mudar o país, vamos mudar nossa cidade. Palmas é exemplo de que é possível, e hoje ela é a 1ª capital brasileira a universalizar o saneamento, passamos de 30% para 80% da nossa cidade atendida com tratamento de esgoto”, destacou Amastha.

 

Gestão

Questionado se é possível priorizar as ações de gestão com foco na eficácia do que nos interesses políticos, Amastha respondeu ser absolutamente possível. “Os primeiros 52 anos da minha vida foram na iniciativa privada, por isso digo que é absolutamente possível. Os processos públicos são muito mais complexos do que na iniciativa privada. Mas na contramão de muitos casos, tenho muito orgulho do que a gente avançou, quando vejo que Palmas tem o melhor Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o título de cidade mais magra do Brasil, a primeira Capital brasileira a universalizar o saneamento, a primeira capital brasileira a atender 100% da cobertura na atenção básica de saúde. Todas essas são conquistas que fizemos com os mesmo instrumentos que todos têm”, destacou.



Parcerias

Complementando o assunto, o reitor do Ceulp/Ulbra, Adriano Chiarani, lembrou que o poder público não promove o desenvolvimento sozinho, mas que é preciso ter a união de força. “A universidade tem esse papel de fazer com que as pesquisas levem qualidade de vida à sociedade. Pensando nisso, temos uma parceria com a Prefeitura na área de Biomedicina, e, por meio dos nossos alunos e professores, nós conseguimos atender mais de mil pessoas com exames laboratoriais”, enfatizou.

 


Agência de Regulação

Os acadêmicos questionaram o prefeito sobre as taxas de esgoto, que segundo o argumento seria uma das mais caras. Amastha respondeu que não competia ao município regular sobre valor de taxa de esgoto. “Não tínhamos esse controle, pois por quatro anos não nos deixaram criar nossa agência reguladora de água, para que nós regulássemos os preços das nossas tarifas, mas agora em março foi criada a agência reguladora”. 

 

O órgão citado pelo prefeito, a Agência de Regulação, Fiscalização e Controle (ARP), foi criado pela Medida Provisória nº 03, aprovada pela Câmara Municipal no último dia 28 de março. A instituição será responsável pela fiscalização e controle dos serviços públicos, incluindo a concessão de água em Palmas.

 

Participaram também da mesa de diálogos do 5º Encontro Diálogos da Sustentabilidade o reitor do Ceulp/Ulbra, Adriano Chiarani, o deputado estadual Paulo Mourão, o secretário estadual da Administração, Geferson Barros, o desembargador Ronaldo Eurípedes, e o engenheiro agrônomo Ramis Tetu.

 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES