11/08/2017 às 18h09

Em João Pessoa, prefeito discute políticas de desenvolvimento sustentável das cidades nos próximos 30 anos

imageO prefeito Carlos Amastha ressaltou a importância de preparar a cidade para o futuro e deixar um legado de planejamento para as novas gerações.

O prefeito Carlos Amastha ressaltou a importância de preparar a cidade para o futuro e deixar um legado de planejamento para as novas gerações.

Fotógrafo:

Fechar

Deni Rocha

Direto de João Pessoa, na Paraíba, no primeiro Encontro de Prefeitos da Iniciativa de Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a Caixa, nesta sexta-feira, 12, o prefeito Carlos Amastha ressaltou a importância de preparar a cidade para o futuro e deixar um legado de planejamento para as novas gerações.

 

 

 

"Viemos saber, entender e aprender aquilo que João Pessoa está fazendo de bom para o Brasil. Palmas que ainda se encontra em plena construção se esforça para evitar e corrigir os problemas urbanos de crescimento desordenado. Para isso, temos buscado participar de todos os programas nacionais e mundiais de sustentabilidade", disse Amastha.

 

 

No final do evento em João Pessoa, Carlos Amastha, disse à imprensa paraibana que tem investido na recuperação dos espaços públicos de Palmas e que isso colabora tanto com a segurança, como a saúde dos palmenses, uma vez que tem aumentado o número de habitantes que praticam esporte ao ar livre. “A população está se exercitando, com isso se tornado muito mais saudável”, pontuou Amastha.

 

 

Depois de João Pessoa, o grupo de prefeitos do ICES vai conhecer as boas práticas de Vitória, Florianópolis e Palmas.

 

 

 

Cidades Sustentáveis

 

 

 

Atualmente, quatro cidades no Brasil participam da Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES). Palmas é a única Capital da região Norte que está participando, juntamente com Florianópolis-SC, João Pessoa-PB, e Vitória –ES.

 

 

 

A ICES aplica uma abordagem multidisciplinar para lidar com desafios nas cidades emergentes da América Latina e Caribe. O programa visa integrar a sustentabilidade ambiental e fiscal, o desenvolvimento urbano e a governança, e promover, assim, o apoio a ações que proporcionem serviços básicos e garantam a proteção ao meio ambiente, bem como níveis adequados de qualidade de vida e emprego.

 

 

A ICES foi criada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em 2010, no intuito de apoiar as cidades de médio porte na promoção do desenvolvimento. A iniciativa tem metodologia e avaliação rápida, que permite identificar projetos de infraestrutura e a definição de ações ambientais, sociais, entre outros.



Edição: Lorena Karlla 

 

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES