17/07/2017 às 11h12

Palmas reúne representantes das principais instituições que lutam pela eliminação da hanseníase no Brasil

imageCapital se destaca pelo diagnóstico precoce e tratamento adequado da doença

Capital se destaca pelo diagnóstico precoce e tratamento adequado da doença

Fotógrafo: Cleia Gomes

Fechar

Redação Semus

Entre os dias 18 a 21 de julho, na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em Palmas, as situações da hanseníase no Brasil hoje, os desafios e as ações serão amplamente debatidos por representantes das principais instituições que lutam pela eliminação da doença no país.

 

Na pauta do encontro será construída também a programação da I Conferência Livre da Hanseníase que Palmas vai sediar em outubro deste ano e a metodologia para a capacitação dos 18 municípios do Estado que irão receber através do Projeto Sasakawa.

 

Ao final da agenda, os representantes do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) irão realizar uma roda de conversa com os pacientes de hanseníase de Palmas e integrantes das equipes que atuam no tratamento destes usuários da Rede de Saúde do município.

 

Participam do encontro integrantes da Organização Pan-americana de Saúde (Opas), do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), da Sociedade Brasileira de Hanseníase, da Fundação para o Controle da Hanseníase no Amazonas/DAHW, da Associação Alemã de Assistência aos Hansenianos, do Instituto Lauro de Sousa Lima, da Coordenação Geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação, da Universidade Federal do Pará, da Secretaria de Estado de Saúde/Programa Estadual de Controle da Hanseníase, da Universidade Federal de Uberlândia e do Ministério da Saúde.

 

O secretário de saúde de Palmas, Nésio Fernandes, lembra que embora os dados oficiais demonstrem redução da prevalência da hanseníase no país, o contínuo e elevado número de casos novos detectados, mais de 30 mil/ano, com fortes indicadores que revelam a região Norte do Brasil como endêmica, colocam em alerta todos os órgãos que lutam contra a doença. “Pelo despreparo no diagnóstico da hanseníase, notamos a necessidade do treinamento efetivamente teórico-prático e contínuo dos profissionais da saúde, por isso Palmas tem se destacado com uma Capital que trabalha na atenção básica o diagnóstico precoce dos casos da hanseníase e o tratamento adequado”, pontua o secretário, acrescentando a real necessidade de unir forças na luta e prevenção da doença.

 

Programação


18/07

8h às 9h30 - Situações da Hanseníase no Brasil hoje, desafios e ações

9h30 às 10h - Intervalo / lanche

10h às 12h - Continuação Situações da Hanseníase no Brasil hoje, desafios e ações

14h às 16h - Programação da Conferência Livre da Hanseníase

16h às 16h30 - Intervalo

16h30 às 18h - Manifestos por um Brasil Livre da Hanseníase - resoluções da

Conferência Livre

 

19/07

8h às 9h30 - Gravação do Documentário

9h30 às 10h - Intervalo / lanche

10h às 12h - Continuação Documentário

14h às 16h - Alinhamento metodológico

16h às 16h30 - Intervalo

16h30 às 18h - Apresentação do Projeto SASAKAWA

 

20/07

8h às 9h30 - Organização do MORHAN no Tocantins

9h30 às 10h - Intervalo / lanche

10h30 - 12h - Congresso da SBH – Titulação. Fortalecer a SBH

14h às 17h - Validação das aplicações WEB

 

21/07

8h às 12h - MORHAN - Reunião com usuários (pacientes de hanseníase) e agentes



 (Edição: Iara Cruz – DRT 428/MS)


Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES