06/12/2017 às 17h11

Equipes da Saúde percorrem escolas para atualizar informações dos beneficiários do Bolsa Família

imageA atualização das informações de saúde é obrigatória para os beneficiários do programa e a não regularização dentro do prazo pode acarretar na suspensão dos benefícios

A atualização das informações de saúde é obrigatória para os beneficiários do programa e a não regularização dentro do prazo pode acarretar na suspensão dos benefícios

Fotógrafo: Semus

Fechar

Redação Semus


Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) estão percorrendo escolas públicas da Capital para garantir que as famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família façam as atualizações de saúde, obrigatórias para o recebimento do beneficio. O acompanhamento das informações de saúde dos beneficiários do Bolsa Família é realizado a cada seis meses. Em 31 de dezembro termina o prazo da segunda atualização do ano.

 

Na manhã desta quarta-feira, 6, as crianças do Centro Municipal de Educação Infantil Pequeno Príncipe, localizado na Arno 43, recebeu a visita das técnicas da Saúde para atualização das informações das famílias beneficiadas.


A atualização das informações de saúde é obrigatória para os beneficiários do programa e a não regularização dentro do prazo pode acarretar na suspensão dos benefícios. Para a atualização é necessária a apresentação de documentos pessoais, cartões de vacina de todos os integrantes da família, o cartão Bolsa Família e o cartão da gestante.


A enfermeira Daliana França explicou que foi enviado, com antecedência aos responsáveis pelas crianças, um informativo solicitando que enviasse à Escola o cartão de vacina e o comprovante de endereço para que pudesse ser feita a avaliação e atualização das informações. “Quem é beneficiário do programa e ainda não realizou a avaliação deve procurar qualquer uma das unidades básicas de saúde, para realizar a atualização das condicionalidades de saúde”, alerta.


Vale lembrar que quando as informações do Cadastro Único estão diferentes de informações de outros registros do Governo Federal, as famílias fazem parte do processo de averiguação cadastral. Da mesma forma, as famílias beneficiárias do Programa que não atualizarem seus cadastros terão seus benefícios bloqueados.


Para evitar o cancelamento, o beneficiário deverá informar ao Centro de Saúde da Comunidade nome do responsável pela família; a data de atendimento ou visita domiciliar; se a família foi localizada (ou não); se tem crianças menores de 7 anos; informar: peso, altura e situação vacinal; em mulheres de 14 a 44 anos constar se está grávida (ou não); caso esteja gestante informar: peso, altura, se realiza o pré-natal. O responsável pela Unidade Familiar (titular do cartão de saque) deve procurar a unidade de saúde até o dia 31 de dezembro para atualizar todos estes dados.







Edição: Lorena Karlla 

 

outras notícias

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES