13/06/2018 às 18h10

Alta velocidade foi a principal infração dos condutores durante o Maio Amarelo

imagePara combater a alcoolemia no trânsito e suas consequências, a Prefeitura e vários órgãos se uniram no Programa Balada Segura, que tem por objetivo retirar das ruas motoristas embriagados

Para combater a alcoolemia no trânsito e suas consequências, a Prefeitura e vários órgãos se uniram no Programa Balada Segura, que tem por objetivo retirar das ruas motoristas embriagados

Fotógrafo: Sesmu

Fechar

Wédila Jácome


Apesar das ações de conscientização desenvolvidas pela Prefeitura de Palmas, o mês de maio foi marcado pelo desrespeito à sinalização e as leis de trânsito, no Maio Amarelo foram registradas em Palmas 14.868 infrações e a mais cometida pelos motoristas foi a alta velocidade. Em apenas um mês foram registrados 10.117 autuações de motoristas que transitam em velocidade superior à máxima permitida na via, nesse caso quando a velocidade foi superior à máxima em até 20%. E 1.213 condutores foram flagrados avançando o sinal vermelho nas vias da Capital.

 


A perita da Polícia Civil, Valéria Viana Barbosa, lembra sobre a importância de obedecer à velocidade da via: “A regulamentação dessa velocidade não é feita aleatoriamente, quando o gestor ou a própria lei restringe a velocidade de determinada via precisa ter um limite, há um propósito para isso. Tudo foi estudado, planejado. É uma via que pode ter mais interseções, o fluxo de pedestre pode ser maior e se o motorista estiver acima da velocidade e tiver que fazer uma frenagem brusca, certamente, não conseguirá parar em segurança”.

 


Segundo a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, esses dados são de locais conhecidos pela população por ter fiscalização eletrônica, visto que não há equipamento novo instalado nos últimos meses, e mesmo assim, esse tipo de infração continua a crescer. “Mesmo com a quantidade de equipamentos de redutor de velocidade, os índices de infrações, e consequentemente acidentes, ainda são altos”, lembra a gerente de Fiscalização no Trânsito, Glauce Kelly de Souza.

 


Outras infrações que também estão entre as mais cometidas pelos motoristas de Palmas é não usar o cinto de segurança, dirigir o veículo utilizando-se de telefone celular, conduzir os veículos sem que esteja licenciado e recusar-se a submeter ao teste de etilômetro, só sobre última infração foram registradas 42 recusas.

 

 

Balada Segura

 


Para combater a alcoolemia no trânsito e suas consequências, a Prefeitura e vários órgãos se uniram no Programa Balada Segura, que tem por objetivo retirar das ruas motoristas embriagados. No mês de maio, o Balada Segura realizou 23 operações nas madrugadas, 42 recusas, três condutores tiveram testes positivos e cinco se enquadraram em crime de trânsito e os condutores foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

 


Acidentes em Maio

 


“Diante de tantas imprudências e desrespeito a sinalização o resultado foi um Maio Amarelo com 322 acidentes, sendo quatro com vítimas fatais”, aponta o superintendente de Trânsito e Transporte, Elissando Honorato. Os dados foram repassados pelo Sistema Integrado de Operações (SIOP) e da Comissão de Gestão de Dados e Informações do Programa Vida no Trânsito.

 

 

Ações Educativas

 

 

Durante o mês de Maio, a gerência de Educação para o Trânsito juntamente com o Projeto Vida no Trânsito, a Secretaria municipal de Saúde e órgãos parceiros realizaram 43 ações educativas, como blitz, palestras em escolas e empresas, adesivaço, atendendo mais de 6.000 pessoas dentre elas: alunos, professores, servidores administrativos e a população em geral.

 


“Nossos agentes de trânsito levaram para dentro das escolas um assunto importante na formação do cidadão e futuros condutores, que é a palestra para educação no trânsito”, afirmou Celestino Pessoa, gerente de educação para Trânsito da Sesmu.

 


A gerência de Educação para o trânsito dá algumas recomendações para que os condutores evitem os atos de imprudência: Não beba antes de dirigir, não use o celular ao volante, respeite o limite de velocidade da via, use o cinto de segurança.

 


Segundo a gerência, essas são as principais causas de acidentes graves e fatais. “Por isso, durante o mês de maio às ações para conscientizar as pessoas e salvar vidas foram intensificadas”, ressalta o gerente Celestino Pessoa, que garante que as ações continuarão durante todo o ano, a fim de reduzir os números de acidentes.

 

 

Maio Amarelo

 


O Movimento Maio Amarelo surgiu em 2011, inspirado em outros como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, que tratam, respectivamente, dos temas câncer de mama e próstata.

 


A cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. Já o mês foi escolhido por ter uma ligação com a história de segurança no trânsito, uma vez que foi em maio de 2011 que a ONU decretou a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. A meta é reduzir acidentes de trânsito em todo o mundo.

 

 



(Edição e postagem: Lorena Karlla)

Portal do Contribuinte

Aqui você encontra os serviços on-line disponibilizados pela prefeitura.

Nota Quente

Programa de incentivo à emissão de notas fiscais gerando crédito para concorrer a prêmios.

Utilidade pública

Este espaço facilita o acesso do cidadão aos serviços prestados pelo município.

Servidor

Canal destinado à assuntos dedicados ao servidor público municipal.

Concursos

Canal destinado à concursos realizados pela Prefeitura de Palmas.

Turista

Conheça Palmas. Seus pontos turísticos, sua diversidade e eventos você encontra aqui.

PROJETOS E AÇÕES

+ PROJETOS E AÇÕES