CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Balanço 2019: Fundação Cultural de Palmas encerra o ano promovendo a democratização do acesso a políticas culturais na Capital

31 de December de 2019 às 10:02min | Cultura, Balanço 2019

Aniversário de Palmas teve Público recorde de mais de aproximadamente cem mil pessoas

Samara Martins

O resultado é um número recorde de expectadores nos espetáculos e eventos promovidos, e ou, apoiados pela FCP, demonstrando que a arte é um bem importante e fundamental para a população

Mostras e exposições de artes visuais, espetáculos de dança e shows musicais, teatro nacional e local, cinema, cursos de artes e uma série de atividades. Foram 12 meses em que a Fundação Cultural de Palmas movimentou a cena cultural local promovendo espetáculo próprios e apoiando ações e projetos dos artistas locais e nacionais que aqui se apresentaram. No balanço de 2019, o resultado é um número recorde de expectadores nos espetáculos e eventos promovidos, e ou, apoiados pela FCP, demonstrando que a arte é um bem importante e fundamental para a população.

 

“Encerramos um ano muito positivo para a política municipal de cultura. Um ano em que a Fundação Cultural de Palmas cumpriu seu objetivo, que é de democratizar o acesso às artes na Capital. Com este fim foram lançados editais de incentivo realizados eventos e mostras em todas as regiões da cidade. Além das produções próprias, a FCP entende que é importante promover o acesso aos recursos públicos para que os artistas locais também possam fazer suas produções. Em 2019 trabalhamos para atingir essa meta”, afirma o presidente da FCP, Giovanni Assis.

 

Fomento

 

Com o lançamento do edital do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), no valor de R$ 875 mil, em dezembro, e a programação do Natal Cidade Encantada, que chegou a todos os cantos da Capital, e uma festa de réveillon que valoriza e reverencia os artistas locais, a Fundação Cultural de Palmas (FCP) encerra 2019 com incentivo a quem quer produzir em 2020.

 

Somente com os editais do Promic, que terá os projetos selecionados em 2020, e do Conselho Municipal de Políticas Culturais, que selecionou 11 projetos, foram disponibilizados mais de R$ 1, 2 milhão com a finalidade fomentar, incentivar, valorizar, estimular, fortalecer, capacitar e difundir bens e serviços culturais, democratizando o acesso aos recursos públicos para a cultura.

 

Este incentivo não se restringe aos editais de financiamento. Projetos como o Quarta Clássica, o Terça Literária, Salão Palmense de Novos Artistas e Edital de Uso da Galeria Municipal, abrem as portas dos equipamentos públicos para quem quer produzir shows, incentivar a literatura, promover mostras e exposições. Em 2019, os artistas locais atenderam ao chamado e estiveram presente em dez edições do Quarta Clássica, duas Terças Literárias e 20 exposições de artes visuais que ocuparam a Galeria Municipal e o Salão de Exposições, além da Mostra Especial ‘Construindo Palmas’, que marcou a reaberbertura do Museu Casa Sussuapara.

 

Somados os espetáculos locais, como ‘Romeu e Julieta’, ‘Auto da Compadecida’, ‘Movie e Music’, Quarta Clássica e nacionais, como Hermanoteu na Terra de Godah e Simples Assim, levaram um público de aproximadamente 30 mil pessoas a prestigiar os eventos no Theatro Fernanda Montenegro em 2019.

 

Eventos

 

A vida cultural da cidade também foi movimentada fora do palco do Fernanda Montenegro. Eventos como o Páscoa Cidade Encantada, Aniversário de Palmas, Arraiá da Capital,
Mostra Itinerante de Teatro e Natal Cidade Encantada, levaram arte, lazer e entretenimento a todas as regiões da cidade. Destaque para o Aniversário da Capital, que com uma vasta programação durante todo o mês de maio, levou no dia 20, aproximadamente  cem mil pessoas a Praia da Graciosa, para comemorar com Henrique e Juliano e grandes nomes da música local, como Mara Rita, Genésio Tocantins, Dorivã e Braguinha Barroso, os 30 anos de Palmas, em uma festa memorável.

 

Já o Arraiá da Capital, em sua 27º edição, reafirmou que é uma festa que faz parte do calendário cultural de Palmas. Em 2019 o Arraiá mostrou mais uma vez toda a beleza, força e garra de quem faz cultura popular. Em cinco noites que as juninas brilharam na arena da cidade cenográfica. Além das apresentações juninas, o Arraiá da Capital teve muito forró, xote, xaxado e calypso nos palcos do Coreto do Forró e Principal, com shows de Zezo, Banda Calypsso e Dorivã e Forrozeiros Locais.

 

Formação

 

No ano que se encerra, também merece destaque as produções resultantes do trabalho de formação em artes da FCP, que resultaram em Mostra de Artes Visuais e espetáculos de artes cênicas que ganharam destaque no cenário cultural de Palmas.

 

Produções dos alunos de Teatro do Centro de Ensino e Treinamento Artístico através da Cia de Teatro Fernanda Montenegro, ‘Auto da Compadecida’ e ‘Romeu e Julieta’, depois de sessões em que lotaram o Teatro Fernanda Montenegro, participaram na Mostra Itinerante de Teatro da FCP, que levou os espetáculos para a Universidade Federal do Tocantins, na região Norte e para a Estação Cidadania Cultura, promovendo o acesso ao teatro a todos os públicos da Capital.

 

Já o Coral Municipal e o Corpo de Baile produziram grandes espetáculo, como o Viola Caipira, do Coral Municipal e Cinderela, do Corpo de Baile, além do lindo Movie and Music, em que Coral e Corpo de Baile se uniram para homenagear a música e o cinema no espetáculo de encerramento das atividades de 2019.

 

Ainda sobre formação, aproximadamente dois mil alunos frequentaram os cursos de iniciação em artes ofertados pela FCP nos Centros de Ensino e Treinamento Artístico (Cetas), no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, no Espaço Mais Cultura, na Casa de Cultura Professora Maria dos Reis e na Estação Cidadania – Cultura (antigo CEU). Para 2020 as vagas serão abertas a partir de 20 de janeiro.

 

Cinema

 

O penúltimo ano da década também foi marcante para o Cine Cultura que, com destaque para a exibição de filmes brasileiros e internacionais premiados em Festivais nacionais e internacionais levou um público de 38 mil pessoas a assistir produções de qualidade.

 

Durante todo o ano de 2019 foram exibidos mais de 188 filmes, em sessões na programação normal e em mostras especiais como a Maratona do Oscar, Sessões Comentadas, Sessão Vitrine, Cinema e Vinho, Cine Escola, Cinema e Gastronomia, Sessões Comentadas com a participação de diretores e a tradicional e o Festival de Cinema Espanhola, além do projeto Cine Escola, que teve um aumento considerável em relação a 2018, com 50% a mais de sessões gratuitas.

 

Ainda na categoria Cinema, é válido ressaltar a 4ª edição do ‘Você na Tela’, Festival de Cinema Estudantil de Palmas, que tem o objetivo de inserir crianças e jovens estudantes no processo de criação, produção e apreciação da linguagem cinematográfica. O Festival ocorreu entre os dias 23 e 25 de outubro, e ganhou status de nacional com a criação das Mostras Brasil na Tela e Universitária. Um total de 128 curtas foram inscritos, de 10 estados brasileiros, sendo 60 selecionados para as mostras competitivas.

 

Para o próximo ano, a partir do dia 20 já estarão abertas as inscrições para os cursos de iniciação em artes. No início do ano também serão iniciadas inscrições para o Quarta Clássica e outros projetos da Capital, ainda estão abertas as inscrições do Promic e do edital de uso da Galeria Municipal, ações que continuarão a fazer girar a roda das políticas públicas de cultura na Capital.

 

 

 


Voltar