CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Balanço 2019: Fundação da Juventude de Palmas se destaca e Vem Enem concorre nacionalmente a melhor projeto

21 de December de 2019 às 12:47min | Juventude, Balanço 2019

Milhares de jovens participaram dos projetos da Fundação da Juventude em 2019

Deni Rocha

Edu Fortes

Milhares de jovens participaram dos projetos sociais e de capacitação profissional


 

Mais um ano termina e a Fundação Municipal da Infância e Juventude de Palmas (FIJP) contabiliza uma série de ações que favoreceram jovens com Cartão do Estudante, e aulas preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), através do Vem Enem, palestras preventivas e de conscientização contra o uso de drogas para jovens em situação de vulnerabilidade social, e alunos da rede municipal de ensino. Além de manter duas Estações da Juventude com realização de oficinas e capacitação gratuitas em várias áreas de atuação para jovens da região Norte e Sul da Capital.

 

 

Vem Enem


O cursinho pré-vestibular Vem Enem promovido pela FIJP foi realizado por 3 meses, de agosto até novembro, para cerca de 300 alunos, 200 aqui em Palmas e 100 em Taquaruçu, sendo totalmente gratuito e teve como foco a inserção de jovens no ensino superior público, por meio da oferta de aulas com especialistas das diferentes áreas do conhecimento e de acordo com os parâmetros preparatórios para o Enem, e outros vestibulares.


“O Vem Enem mudou a realidade de muitos jovens. Inclusive, a iniciativa concorre pela Secretaria Nacional da Juventude ao melhor projeto de juventude do Norte do País. Isso nos deixa extremamente satisfeitos. Os alunos tiveram aulas de segunda a sexta-feira, um aplicativo para auxiliar nos estudos, simulados aos finais de semana e acompanhamento individual para prepararem para a prova", ressaltou Claret.


Palmas pra Vida

Durante o ano, a FIJP também promoveu o ‘Palmas pra Vida’, projeto que teve o desafio de lutar pela valorização da vida, objetivando a construção de uma sociedade mais digna. De acordo com os dados apurados no final do evento, realizado inicialmente na Semana Municipal de Drogas, que aconteceu em junho de 2019, alcançou mais 3.200 alunos regularmente matriculados nas unidades escolares da Capital.

 

 

No entanto, o ‘Palmas pra Vida’ não parou por aí. Nos meses seguintes a FIJP desenvolveu outras ações dentro deste projeto, conhecidos como ‘Enterrando as Drogas’, ‘Olé nas Drogas’ e ‘Recreião’.


Enterrando as drogas

 

 

O evento foi realizado por meio de um Torneio de Basquete 3x3 - Enterrando as Drogas, no Jardim Aureny III, que buscou conscientizar e orientar os jovens sobre a prevenção às drogas, e como o esporte pode contribuir nesse processo, além de promover o intercâmbio entre os atletas. O campeonato contou com a participação do rapper nacional Mano Reco, ex-vocalista dos Detentos do Rap, que palestrou sobre os perigos dos entorpecentes.

 

 

Olé nas Drogas

 

 

O projeto ‘Olé nas Drogas’ levou mais de 100 crianças e adolescentes de 14 a 17, anos à Escolinha de Futebol do Flamengo de Taquaralto. A competição contou com sete equipes participantes, cujo vitorioso foi o Taquaralto Esporte Clube (TEC). ‘Olé nas Drogas’ aconteceu dentro da programação do Recreião, e na ocasião, os atletas participaram também de várias palestras e ações de combate ao uso de drogas.

 

 

Recreião

 

 

Promovido pela FIJP, o Recreião foi direcionado aos jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade, aos estudantes das escolas da Rede Municipal de Ensino, aos recrutas do Infantaria do Exército e aos menores aprendizes. O evento que durou uma semana, contou com a presença do artista, missionário e palestrante Thiagão, com ciclos de palestras sobre combate às drogas, luta contra depressão e o poder da música na luta contra as drogas, realizado em vários pontos da Capital, chegando a mais de 5 mil jovens.

 

 

Outras ações

 

 

A Fundação também realizou o Projeto Fênix no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), com capacitação para auxiliar os jovens que se encontravam apreendidos a retomarem suas vidas com dignidade para buscar um emprego, com orientação na formação curricular profissional.

 

 

O Vem Brincar realizado pela primeira vez em 2019, levou no dia das crianças show de entretenimento com brincadeiras, palhaços, pula-pula e lanches atraindo centenas de crianças da região mais carente da cidade.

 

 

O Projeto Jovens Influenciadores homenageou 26 pessoas e entidades que fizeram diferença na sociedade, na vida das pessoas, numa classe profissional, na comunidade, nas artes, inclusão digital, serviço social, comunicação, e no empreendedorismo de um modo geral, surpreendendo positivamente em cada área que atua.

 

 

O gerente de Políticas da Juventude,  Bruno Mendes, ressalta que a ideia inicial dos projetos da Juventude sempre foi de influenciar, positivamente, os jovens. Conscientizar que todos podem tudo o que quiserem, mas para isso é necessário percorrer um caminho, que às vezes nem sempre é muito fácil. “Em 2019 levamos palestrantes em lugares que a droga, a depressão, a automutilação e o suicídio tem destruído muitos jovens. O resultado foi bastante positivo, através da prevenção evitamos muitas coisas ruins, agora estamos planejando novas ações para 2020 a todo vapor”, disse.

 

 

Já o presidente da FIJP, João Pedro Claret, destaca que foi um ano de desafios. “Este ano foi bastante desafiador, mas terminá-lo com todos os equipamentos sendo reformados, com recorde no número de jovens impactados por nossas ações, com um projeto concorrendo entre os melhores do país [Vem Enem], e com relatos de jovens que tiveram suas vidas mudadas por nós, não tem preço”, comemorou, lembrando que a FIJP reergueu-se porque a prefeita Cinthia Ribeiro ofereceu os recursos necessários. “Certamente a juventude é um dos cargos chefes da Prefeita”, concluiu Claret.

 


 

 

 

 

 



Voltar