CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Balanço 2019: Mais de 700 famílias de Palmas realizam sonho da casa própria

30 de December de 2019 às 11:22min | Habitação, Balanço 2019

Só este ano, 748 famílias receberam as chaves de seus novos lares

Redação Secom

Edu Fortes

A previsão é que no próximo ano mais de 2 mil casas sejam entregues

Ter a casa própria é o sonho de muitos brasileiros, e assegurar a moradia é uma das prioridades da Prefeitura de Palmas, que tem utilizado políticas públicas nacionais de habitação para diminuir o déficit habitacional. Por isso, só este ano, 748 famílias receberam as chaves de seus novos lares, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

 

Uma das unidades habitacionais entregues em 2019 é o Residencial Leblon, financiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) (Meta 3), localizado na Arse 131. As 148 famílias selecionadas desde 2007 agora já moram em suas casas devido à agilidade na expedição do Habite-se. Vale ressaltar que cada unidade habitacional custou aos cofres públicos R$ 36 mil, tendo como contrapartida R$ 24 mil do Governo Federal.

 

O residencial Recanto das Araras I também foi entregue à população neste mês. São 500 casas localizadas na região Sul da Capital (saída para Taquaruçu), que fazem parte do MCMV, com investimento na ordem de R$ 38 milhões. O empreendimento é executado pelo Governo Federal, por meio da Caixa e o Município indicou as famílias a serem beneficiadas por meio dos sorteios.

 

Uma das contempladas é Olívia Cavalcante da Silva, de 27 anos. Morando em Palmas desde 2003 com o marido e agora dois filhos pequenos, se viam frente a um grande desafio: pagar aluguel. Durante todo o processo de seleção eles estavam desempregados e chegaram a cogitar voltar a morar com os pais. “Hoje estamos realizados e felizes por não pagar mais aluguel. Realizamos o sonho de ter o nosso próprio cantinho”, enaltece Olívia.

 

Além desses, foram entregues também 120 unidades habitacionais do Residencial Barra da Tijuca, na Quadra Arse 132 (1306 Sul), construídas com convênio do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS) – Meta 2, e Prefeitura de Palmas. Foram investidos R$ 6,5 milhões, sendo R$ 3,9 milhões do Governo Federal, R$ 2,6 milhões dos cofres municipais e doação do terreno pelo Governo do Estado. Os contemplados esperavam desde 2009, quando foi realizado o processo de seleção.

 

Os candidatos pré-selecionados da lista de espera do Jardim Vitória I e Recanto das Araras II já tiveram o prazo para montar o processo de dossiê, necessário para estarem aptos a receberem o benefício de moradia, caso haja desistência ou falha comprobatória dos candidatos pré-selecionados.

 

O secretário municipal de Habitação, Fábio Frantz, ressalta que qualquer família que não tenha moradia própria pode fazer o seu cadastro junto à Secretaria de Habitação, porém, terá que cumprir vários critérios. “No momento do cadastro habitacional as informações são declaratórias, que as famílias devem comprovar após o sorteio”, acrescentando que muitos documentos têm um alto custo e com validade de 30 dias, por isso, devem ser apresentados após o sorteio e não no momento do cadastro, para fazer toda checagem dentro dos critérios e enquadramento.

 

E não basta somente indicar as famílias contempladas, a gestão ainda se preocupa em realizar ações sociais, e por isso assinou dois convênios com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 1.177.500,00 que serão investidos em atividades e palestras sobre as regras de convivência em comunidade.

 

Atualização Cadastral

 

As pessoas interessadas em realizar ou atualizar o cadastro habitacional para participar dos próximos sorteios deverão apresentar-se no Resolve Palmas, portando os seguintes documentos: RG/CPF; Certidão de Nascimento ou Casamento. Em caso de separação/divórcio apresentar Certidão de Casamento com Averbação; Declaração de União Estável, Certidão de Nascimento e Declaração de União Estável, registrada em cartório.


Para pessoas com deficiência é necessário apresentar atestado médico com indicação da classificação internacional de doenças – CID. Para pessoas com deficiência crônica incapacitante para o trabalho, laudo médico com indicação da classificação internacional de doenças – CID; Número de Identificação Social (NIS); para os filhos ou dependentes: Certidão de Nascimento, RG e CPF; Cartão de Vacina atualizado (para menores de cinco anos) e Declaração de Matrícula em rede de ensino (idade obrigatória dos quatro aos 17 anos).

 

Próximos empreendimentos


As famílias que tiverem o cadastro atualizado concorrerão aos próximos sorteios dos empreendimentos que serão entregues em 2020. Já está em construção 2.012 unidades habitacionais, sendo 500 para o Recanto das Araras I e II, 500 unidades habitacionais do Jardim Vitória I e II, 240 casas do empreendimento Santo Amaro, 128 do PAC - Meta 01 e mais 144 do empreendimento do PAC – Meta 04.

 

Empreendimentos entregues em 2019

 

Residencial Leblon: 128 unidades;

 

Residencial Barra da Tijuca: 120 unidades;

 

Recanto das Araras I: 500 unidades;

 

Total: 748 Unidades Habitacionais Entregues

 

Em construção

 

Recanto das Araras I: 500 unidades

 

Jardim Vitória I: 500 unidades

 

Jardim Vitória II: 500 unidades

 

Recanto das Araras II: 500 unidades

 

Santo Amaro: 240 unidades

 

PAC Meta 01:  128 unidades

 

PAC Meta 04: 144 unidades


Total de unidades em construção: 2.012 unidades

 

Convênios Celebrados em 2019 para execução de projeto social


Recanto das Araras I: R$ 577.500,00


Recanto das Araras II: R$ 577.500,00


Jardim Vitória I: R$ 600.000,00


Total: R$ 1.755.000,00

 


Voltar