CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Profissionais da Assistência Social realizam ação educativa no Palmas Capital da Fé 2020

22 de February de 2020 às 13:32min | Desenvolvimento Social, Capital da Fé

Técnicos da Sedes durante abordagem informativa ao vendedor Adonias e esposa

Eliene Campelo

Nerivan Damasceno

Alguns serviços sociais funcionam em regime de plantão durante o Carnaval

Com o objetivo de mobilizar, orientar e conscientizar a população sobre a importância de se combater o trabalho infantil também durante grandes, como o Carnaval, uma equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) visitou estandes e barracas de alimentação instaladas na Vila Olímpica onde acontece desde sexta, 21, até 25 de fevereiro o Palmas Capital da Fé 2020. Durante todo o período do evento a comunidade poderá contar com serviços como Plantão Social e Conselhos Tutelares em regime de plantão.

 

A equipe que realizou a abordagem no evento é composta por profissionais do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), dos Conselhos Tutelares, Diretoria de Proteção Social Especial e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). “O objetivo central da ação é dar visibilidade ao Programa Peti, como instância de enfrentamento para a erradicação do Trabalho Infantil. Tanto os comerciantes quanto o público presente são parceiros do poder público na construção das alternativas viáveis para desobstruir os caminhos da erradicação do trabalho infantil”, avalia o coordenador do Peti-Palmas, Orimar Santana.

 

Thamara Karine Oliveira e seu esposo Adonias Araújo estarão no evento todos os dias vendendo churros e pipoca. Eles aprovaram a iniciativa da Prefeitura de conscientizar as pessoas para combater o trabalho infantil. “É muito importante ver essa equipe presente no evento, trazendo informações e alertando que lugar de criança não é trabalhando” disse Thamara.

  

A vendedora Joyce Alves, que trabalha num food truck de sorvetes, contou que já viu crianças trabalhando em estacionamentos e até à beira de estradas. “Eu fiquei muito triste ao constatar que alguns pais ainda fazem isso com seus filhos. Vou apoiar a Prefeitura nesta ação com certeza e combater o trabalho infantil”, garantiu Joyce.

 

O objetivo da ação da Sedes é garantir a proteção social e combater a violação de direitos contra crianças e adolescentes durante os eventos do Carnaval na Capital. Os eixos que norteiam as ações desenvolvidas pelas equipes são: Informação e Mobilização; Proteção; Defesa e Responsabilização; Monitoramento.

  

Plantão de atendimento à população

 

Durante os cinco dias de Carnaval e na Quarta-feira de Cinzas, o atendimento no Plantão Social voltado para moradores em situação de rua e famílias em situação de grande vulnerabilidade social será realizado por um profissional da Assistência Social, por meio do telefone celular (63) 9 8455-7528.

 

No caso dos Conselhos Tutelares para solicitar um atendimento ou fazer uma denúncia o morador deve ligar para o conselho de sua região por meio de um destes números de telefone celular:

 

Conselho Tutelar Norte (63) 9210-5134

Conselho Tutelar região Central (63) 9210-4982

Conselho Tutelar Região Sul I (63) 9210-5185

Conselho Tutelar Região Sul II (63) 9210-5111

 

 

Edição: Iara Cruz


Voltar