CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Professores de Educação Física participam de encerramento de formação

02 de April de 2014 às 15:16min | Educadores

Iara Cruz

Os professores de Educação Física da rede municipal de ensino participam nesta quinta-feira, 03, do último dia de programação da formação destinada a esses profissionais. As atividades deste último dia terão início às 8h30, na Escola de Tempo Integral Eurídice de Mello, localizada no Jardim Aureny III.

 

 

A formação começou no último dia 25, e contou com a participação do um consultor da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), professor Dr. Kiyoshi Takahashi, que ministrou a palestra “Clínica de Mini Atletismo no Brasil”. O evento é promovido pela Secretaria Municipal da Educação (Semed), por meio da Divisão de Educação Física Escolar.

 

 

Na programação desta quinta-feira, 03, os professores terão aulas teóricas e práticas de salto em distância, lançamento de dardo e atletismo para crianças e adolescentes. A programação prossegue até as 17h30, na quadra poliesportiva da própria Unidade Educacional. Nos dias anteriores, os professores participaram ainda de aulas sobre corrida sobre barreiras e salto em distância, corrida de velocidade, corrida de revezamentos, corridas de média e longa distância, entre outros temas.

 

 

Segundo o responsável pela área técnica da Educação Física da Semed, professor Ricardo Antônio Pereira da Costa, esta primeira etapa, abordando a temática atletismo, contou com a participação de 100 professores de Educação Física da rede municipal de ensino. Visando a otimização do trabalho nas escolas, para que não haja interferência nas aulas, a formação foi realizada com duas turmas de 50 professores, em dias alternados.

 

 

 

 

Ainda segundo o professor, é de extrema importância proporcionar aos professores a oportunidade de comparar o trabalho que ele desenvolve na escola com o de outros profissionais, principalmente especialistas de uma área específica e de outra região do País, como o professor Kiyoshi. “A intenção é que os nossos professores possam adequar as informações do curso com a sua realidade na escola em que trabalha”, disse.

 

 

 

 


Voltar