CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Profissionais da Saúde e educadores realizam Semana da Diversidade e Inclusão

22 de August de 2019 às 11:19min | Semed, Semus

No futsal para cegos, os alunos tiveram a percepção de como as pessoas com deficiência visual utilizam os demais sentidos para realizar as atividades diárias

Redação Semus

Divulgação

As atividades iniciaram na segunda, 19, e seguem até esta sexta, 23

Na Semana da Diversidade e Inclusão, profissionais da saúde e educação realizam no Centro de Educação Inclusiva (sediado na Escola Municipal Francisca Brandão, na Arse 121), atividades que objetivam momentos de vivências, reflexão e discussão sobre diversidade e inclusão. As atividades iniciaram na segunda, 19, e seguem até esta sexta, 23.

 

Ação é uma parceria entre os Centros de Educação Inclusiva (CEI/Semed) e de Atenção Inclusiva (CAI/Semus). “Tem sido uma semana de muita inclusão mesmo. O futsal adaptado com os alunos dos terceiros anos foi uma experiência que possibilitou aos estudantes entenderem um pouco mais de como as pessoas com deficiência visual utilizam os demais sentidos para realizar atividades diárias, como tato, olfato e paladar”, exemplificou a coordenadora do CAI, Laureny Farias da Costa.

 

Ao longo da semana, professores, alunos, familiares e comunidade escolar participam de atividades recreativas trabalhando a independência e autonomia dos alunos com deficiência; estimulando a percepção de sabores, cheiros e texturas através de vivência dos alunos na cozinha inclusiva; ressaltando a importância de refeições balanceadas; identificando os sinais básicos de Libras; vivenciando os sentidos sensoriais da pessoa com deficiência visual através da oficina ‘Cego é tu’; futebol para cegos; trabalhando, ainda, as culturas indígenas e negra.

 

Saiba mais

 

O atendimento ofertado no Centro de Educação Inclusiva é multiprofissional e complementa as atividades de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades/superdotação, matriculados em classes comuns do ensino regular, assegurando-lhes condições de acesso, participação e aprendizagem.

 

 

Revisão e postagem: Iara Cruz

 

 


Voltar