CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Decreto de Regularização Fundiária de Interesse Social é assinado para beneficiar mais de 100 famílias de Taquaruçu

02 de June de 2019 às 04:47min | Taquaruçu - Capital por um dia

Lourenço Gemaque compareceu ao colégio para preencher o formulário e garantir o selo de pré-cadastramento

Redação Secom

Luciana Pires

Processo da chácara 52 atende aproximadamente 110 famílias


 

Prefeita Cinthia Ribeiro assinou o decreto que determina a Regularização Fundiária de Interesse Social (Reurb-S) que beneficia famílias de propriedades rurais da região na manhã desse sábado, 1º, em que Taquaruçu é capital por um dia. O processo de regularização contempla aproximadamente 110 famílias da chácara 52.

 

 

Para adiantar o processo de regularização, a Secretaria Municipal de Regularização Fundiária realizou visitas técnicas, desde a última quinta-feira, 30, às propriedades da chácara 52 para fazer o cadastro e a selagem (caracterização que indica inclusão como pré-cadastramento) dos imóveis envolvidas.

 

 

Durante a tarde, as famílias que receberam a notificação para o comparecimento na Escola Municipal Crispim Pereira Alencar, preencheram o questionário e receberam o selo do pré-cadastramento. Segundo superintendente de Regularização Fundiária, Flávia Peu, somente as famílias que foram seladas serão beneficiadas com o decreto.

 

 

O funcionário público Lourenço Gemaque, 43, que mora na chácara 52, desde agosto de 2013, agora está feliz e pretende investir em sua propriedade. “É uma felicidade imensa a gente ter algo mais concreto, agora com essa certeza a gente fica mais tranquilo, dá até pra aumentar a casa, fazer o muro, plantar alguma coisa e aumentar a família”, comemorou.

 

 

Após o cadastramento das famílias, a Secretaria realizará o mapeamento topográfico das propriedades via satélite, para dar início ao projeto urbanístico. Para o secretário da pasta, Carlos Spegiorin, o maior benefício do decreto é que ele é a etapa inicial do processo de regularização.

 

 

“A gente tem como meta terminar e entregar os títulos para essas famílias e, com o título em mãos, os benefícios são inúmeros como a alienação para transferência da propriedade, empréstimo bancário, além da segurança, do conforto e da garantia que as pessoas têm com seu imóvel próprio registrado porque além do sonho da casa própria, também tem o sonho da casa regularizada com o título registrado”, afirmou Spegiorin.

 

 

O secretário ainda recebeu a comunidade de Taquaruçu que levou algumas demandas da região. “Nós já imaginávamos que haveria uma boa demanda para a pasta, a gente tem escutado a comunidade de ver o que é possível fazer, com a criação da secretaria, gerou uma expectativa muito grande em relação à regularização fundiária então essa expectativa é positiva, pois é um trabalho que estamos fazendo diariamente para dar retorno à sociedade”, acrescentou.

 

 

Edney Geovane, 42, foi um dos proprietários que teve a oportunidade de passar a demanda da comunidade para a secretaria. “Taquaruçu ser capital por um dia é um evento foi maravilhoso, é muito importante que o poder público tenha um contato direto com a comunidade, atendimento foi excelente e até a prefeita parou para falar com a gente”, comentou.

 

 

Entrega de títulos na região

 

 

“Hoje a prefeita assinou o decreto da chácara 52, nós já temos 47 títulos só aguardando o registro do cartório de imóveis em Taquaruçu. Além disso, nós temos aqui perto, o Distrito de Buritirana, com um trabalho bem efetivo de 165 títulos já prontos para registro do cartório de imóveis também”, afirmou o secretário.

 

 

Cadastro habitacional

 

 

A Secretaria de Habitação também aproveitou a programação de Taquaruçu, Capital por um Dia para realizar cadastros habitacionais daqueles que não tem moradia própria para serem candidatos a projetos habitacionais futuros.

 



Voltar