CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Família ‘nada, pedala, corre’ de Palmas se prepara para Copa Triathlon Brasil que acontece no próximo domingo, 10, em Palmas

09 de June de 2018 às 12:34min | Esporte, Triatleta

Valdeir, de vermelho, foi o grande incentivador da família

Eliene Campelo

Júnior Suzuki

Triathlon faz parte do dia-a-dia desta família que já conquistou dezenas de medalhas e competiu em diversos países


 

 


 

Dez integrantes da família Santos, todos triatletas, se reuniram na Praia da Graciosa na noite desta sexta-feira, 09, para conversar sobre a Copa Triathlon Brasil (Triathlon e Paratriathlon) e o Campeonato Brasileiro Infantil de Triathlon que acontecem na Capital no domingo, 10. A família tem como grande incentivador e ídolo no esporte o assistente social que atua na Prefeitura de Palmas, Valdeir Ferreira dos Santos, primeiro triatleta tocantinense a vencer e a participar de provas importantes no Brasil e no mundo. A Prefeitura de Palmas é parceira do evento, organizado pela Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e pela Federação Tocantinense de Triathlon (FTTri).

 

 

 

Seus irmãos Márcia, Márcio e Sonaira, além de sua esposa Eliane também são amantes do esporte. “Estamos muito animados e felizes por receber este evento em nossa cidade. Palmas tem características favoráveis à prática esportiva e é muito importante que a sociedade incentive os mais nossos jovens e crianças a praticar esportes”, aconselha Valdeir Ferreira dos Santos.

 

 

Valdeir já foi campeão brasileiro de Triathlon quatro vezes e competiu em países como Alemanha, Suíça, França, Espanha e Itália. “Para praticar esse esporte, assim como qualquer outro, é preciso dedicação, investimentos e, principalmente, apoio para fortalecer o atleta, dar a ele tranquilidade para buscar o seu melhor e representar bem o seu país. É com muito orgulho que levamos o nome de Palmas e do Tocantins a várias competições”, conta o triatleta.

 

 

Pais de quatro filhos, José Hamilton de 17 anos, Pedro de 10 anos, Lucas de 8 anos e Luna de 5 anos, Valdeir e Eliane incentivaram todos eles que, hoje, praticam o esporte. Os sobrinhos Yure de 20 anos e Giovanna Lacerda de 15 anos, filhos da Márcia também iniciaram cedo no triathlon e, a exemplo do José Hamilton, são nomes de destaque no triathlon tocantinense.

 

 

A irmã de Valdeir, Márcia Santos, também é uma competidora nata e costuma dizer que o esporte está no DNA da família. “Nós costumamos treinar juntos, sempre que possível; um grupo pedala junto, outro corre junto, a gente vai buscando horários que facilitem nossas agendas, principalmente para os pequenininhos, a Luna de cinco anos e o Luiz Miguel, de três”, conta Márcia.

 

 

A triatleta aconselha os pais a ter paciência ao acompanhar seus filhos em práticas esportivas. “A gente vê muitos talentos perdidos porque os pais levam nos primeiros meses para treinar e depois desistem, cansa, isso é muito triste. Nossos filhos precisam da nossa atenção e apoio. Eles vão amadurecendo no esporte e isso leva tempo. É muito importante que os pais entendam esse papel de motivador dos filhos”, destaca Márcia.

 

 

Apostas da Copa Triathlon Brasil

 

 

No domingo estarão competindo representando Palmas, seis integrantes da família Santos, Yure Lacerda, Márcia Santos, Lucas Emanuel, Pedro Santos e José Hamilton. Uma das grandes promessas de medalha para a família neste domingo é a adolescente Giovanna Lacerda, de 15 anos, que vai competir na categoria Júnior.

 

 

Márcia Santos está se preparando para o mundial de Triathlon na Austrália em setembro de 2018. A triatleta participa desde 2012 das competições do  Sesc Triathlon na categoria de 40 a 45 anos foi campeã em duas etapas e nas demais conquistou boas colocações. Em 2017 ganhou todas as etapas do Sesc Triathlon; Em Manaus ficou em segundo lugar na Copa Brasil de Triathlon em em 3º lugar em Salvador -BA na primeira etapa da Copa Brasil; Segundo lugar em Florianópolis na segunda etapa da Copa Brasil em 2017.

 

 

Principais títulos do triatleta Yure Lacerda de 20 anos são: campeão brasileiro de 2015 e 4º colocado na categoria Junior da Copa Brasil; é campeão tocantinense de Triathlon em 2016; campeão das etapas do nordeste de Triatlon; foi campeão da categoria 19-25 anos Sesc de Triatlon etapa nacional categoria 16-17 anos; campeão pan-americano em Vila Velha-ES em 2014; 3º lugar Team Relay no Peru e 5º lugar no Chile no Campeonato Sul-americano da Juventude.

 

 

José Hamilton, pelo seu desempenho no Triatlhon, foi convidado a integrar o time Sesi São Carlos-SP onde treina atualmente. É campeão brasileiro de Triatlhon 2011, 2012, 2015. Em 2016 ele foi 1º colocado no Brasileiro Infantil de Triatlhon em Vila Velha-ES, dentre outras conquistas. Já a triatleta Giovana Lacerda vai participar do Pan-americano em Brasília no próximo dia 23 de junho e acumula vitórias desde 2011. Giovana foi Campeã Brasileira Infantil em 2011; em 2016 foi campeã da Copa Brasil de Maratonas Aquáticas Salvador; Vice-campeã da Copa Brasil de Maratonas Aquática em Fortaleza e 3ª colocada da Copa Brasil de Maratonas aquática em Maceió.

 

 

Em 2017 Giovana Lacerda foi campeã Mundial Escolar em Aracaju-SE; vice-campeã Brasileira Categoria Yong (pré Junior), 3ª colocada no Sul Americano Yong (pré Junior); 3ª colocada no Sesc Triatlhon Palmas Categoria Elite; Campeã da Copa Centro-Oeste Palmas; Campeão Brasileira de Aquatlon categoria Júnior e 2ª no Geral; Campeã de todas as provas Estaduais de Triatlhon que disputou.

 

 

Em 2018 Giovana foi a 5ª colocada no Sul-Americano Categoria Júnior; 3ª colocada em Salvador na Prova Continental Categoria Júnior e 2ª colocada em Florianópolis na Categoria Júnior. Foi ainda, campeã da 1º Etapa de Aquatlon Brasília na Categoria Júnior e Campeã da 2ª Etapa de Aquatlhon no Rio de Janeiro na Categoria Júnior.

 

A prova

 

 

O público pode assistir as provas no domingo, 10, na Praia da Graciosa, a partir das 6 horas, nas categorias Alto Rendimento, Categorias de Idade e Paratriathlon, o percurso compreenderá 750 metros de nado, 20 km de bicicleta (quatro voltas) e outros 5 km (ida e volta de 2,5 km) de corrida na Ponte da Amizade Fernando Henrique Cardoso.


Voltar