CATEGORIAS

BLOG DE NOTICIAS

Triathlon: Esporte que inclui e capacita para os desafios

10 de June de 2018 às 15:46min | Esporte, Triatleta

Paratletas deram show na Copa Brasil Triathlon neste domingo, 10

Juliana Matos

Júnior Suzuki

Graciosa recebeu atletas em competições neste domingo, 10, que demonstraram  garra de paratletas e veteranos do esporte


 

 

Esporte que exige intenso treinamento, para combinação de técnicas de alta performance, o triathlon exibiu na manhã deste domingo, 10, durante a realização da Copa Triathlon Brasil (Triathlon e Paratriathlon) e do Campeonato Brasileiro Infantil de Triathlon, demonstrações de que o esporte é democrático. A Prefeitura de Palmas é parceira do evento, organizado pela Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e pela Federação Tocantinense de Triathlon (FTTri).

 

 

Fábio de Melo (RJ), 68 anos, é o atleta mais velho entre os 185 participantes de 17 estados. "Idade não é empecilho. Na verdade, é um prazer participar de provas ao lado de tanta criançada. O esporte faz parte da minha rotina. Para continuar firme tenho alimentação equilibrada, treinos diários e uma cabeça aberta aos desafios", declarou.

 

 

No paratriathlon, as limitações físicas não diminuem o esforço dos atletas em buscar o portal da chegada.

 

O desafio de concluir provas longas e intensas é o que motiva Jonas Souza (GO), 20, primeiro lugar entre os paratletas andantes. Ele sofreu uma queda durante a etapa de ciclismo mas nem por isso, desanimou. "Hoje considero que a corrida foi meu ponto forte, senti um pouco a baixa unidade e sofri uma queda no ciclismo mas consegui me recuperar e ficar firme mesmo com dores. O desafio foi concluído", declarou.

 

 

Ivanildo Vasconcelos (PE), 45, foi o primeiro colocado entre cadeirantes. Ele que já participou de seis Paraolímpiadas que lhe renderam cinco medalhas paraolímpicas. Ele conta que começou no esporte com a natação em busca de reabilitação na adolescência para a paralisia infantil que teve aos quatro anos. "O que mais me atraiu no triathlon foi o desafio de se superar cada vez mais", disse.

 

 

O paratleta disse que gostou da prova na Graciosa e que sentiu o impacto do calor de Palmas. "Meu estado é quente, mas o clima aqui é diferente. Apesar disso, gostei da prova, consegui imprimir um ritmo forte que me garantiu esse resultado",destacou.

 

 

O presidente da FTTri, Sérgio Henrique Moraes Lopes, avaliou com satisfação a competição. "Só temos o que agradecer pelo apoio que recebemos dos parceiros e da Prefeitura de Palmas. Foi um evento espetacular e que nos rendeu retorno de todos que para cá vieram, tanto dos 185 atletas como das famílias que os acompanham", afirmou Lopes. 

 

 

Esporte para todos

 

 

Atualmente o Tocantins tem cerca de 300 praticantes, 82 deles federados. No entanto, mais do que atletas de alto rendimento, o triathlon oferece aos adeptos benefícios que não se limitam às vitórias em competições. "Para uma pessoa comum o que o triathlon tem a oferecer é foco, disciplina e persistência. Tudo isso vai além dos treinos, é algo que se leva para a vida", disse Lopes.

 

 

O presidente da Fundesportes, Orlando Rangel, frisou que a parceria é mais um incentivo ao esporte e ao entretenimento da população. "Mais uma vez a Prefeitura de Palmas, por meio da Fundesportes, denota a sua vocação para o incentivo a prática desportiva, ao sediar a 3º etapa da Copa Triathlon Brasil 2018", enfatizou Rangel.

 

 

Os resultados oficiais de todas as categorias das competições serão divulgados no endereço eletrônico da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) (http://www.cbtri.org.br).

 

  

  


Voltar