4ª Conferência Municipal levanta propostas para incremento de políticas públicas para idosos

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Juliana Matos | Publicado em 05 de dezembro de 2018 às 12:51

Trabalhos foram iniciados com palestra da conferencista Sandra Rabelo, que considera o momento oportuno para discussão de direitos da pessoa idosa


A 4ª Conferência Municipal de Direitos da Pessoa Idosa, aberta nesta quarta-feira, 04, no auditório do Parque do Parque da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira, em Palmas, iniciou pela manhã os debates que vão culminar em propostas para criação e melhoria de políticas públicas voltadas para uma parcela da população que cresce a cada dia. A programação continua à tarde. O tema da conferência deste ano é Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas.

 

 

A Sandra Rabello, convidada para a conferência magna que abriu os trabalhos, afirmou que vivemos um contexto oportuno à discussão dos direitos da pessoa idosa e que investir no envelhecimento ativo é o caminho.  “O envelhecimento ativo saudável é uma das recomendações da Organização Mundial de Saúde. Estar em espaços como este e investir para que esses espaços possam acolher mais idosos em Palmas e garantir mais serviços de qualidade é um serviço exemplar. É preciso ter em mente a importância de se trabalhar o fomento a esses recursos porque política pública só se faz concreta com financiamento concreto”, disse a conferencista.

 

 

Sandra é membro do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa do Rio de Janeiro, coordenadora da área de extensão da Universidade Aberta da Terceira Idade, ligada à Universidade Estadual o Rio de Janeiro (Uerj), e membro da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

 

 

Pela manhã, ou ouvintes participaram também da leitura e aprovação do Regimento Interno da Conferência. À tarde, a partir das 14 horas, se iniciam os debates dos Grupos de Trabalho sobre os Eixos Temáticos: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas; Educação; Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa e os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

 

 

Além do poder público, pessoas idosas e representantes do terceiro setor, a participação da comunidade é bem-vinda. “É importante falar sobre direitos da pessoa idosa nesse momento por várias razões. Primeiro porque o envelhecimento no Brasil cresce de maneira espantosa e segundo porque já temos marcada para novembro de 2019 a conferência Nacional de Direitos da Pessoa Idosa, que depende de todas as conferências municipais e estaduais para levantar as propostas que serão encaminhadas ao Congresso para se transformarem em políticas públicas”, justificou Sandra Rabello.

 

 

A presidente do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa de Palmas (Comdipi), Simone Fontenele, explicou que a conferência reúne as propostas trabalhadas nas duas pré-conferências que aconteceram na região Norte e Sul da Capital e abre espaço para mais sugestões. “Vamos avaliar as deliberações da última conferência, verificar os avanços e propor melhorias para fortalecimento da política pública da pessoa idosa em Palmas. Todos estão convidados a participar”, disse Simone.  A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e o Comdipi são parceiros na organização da conferência.

 

 

Confira a continuação da programação

 

 

Dia 05 (quarta-feira) - tarde

 

 

14 horas – Orientações dos Grupos de Trabalho e Eixos Temáticos – 1. Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas. I. Subeixos: Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura, Esporte e Lazer. 2. Educação: assegurando direitos e emancipação humana. 3. Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. 4. Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

 

15 horas – Intervalo

 

15h15 - Plenária dos grupos/debate/aprovação das propostas deliberadas

 

17 horas – Encerramento

 

 

 

Dia 06 (quinta-feira)

 

8h30 - Apresentação cultural

 

9h - Leitura e aprovação das Deliberações da 4ª Conferência Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas

 

10 horas - Eleição dos Delegados(as)

 

11h30 - Apresentações de moções/Encaminhamento final

 

12 horas - Encerramento