Aberta exposição fotográfica em homenagem a cineastas palmenses

Fundação Cultural de Palmas

Autor: Pérola Venâncio - Estagiária | Publicado em 19 de maio de 2022 às 18:34

Exposição, que é aberta ao público, pode ser conferida das 8 às 19 horas no Espaço Cultural

Quem são as pessoas que estão atrás das câmeras no desafio de fazer cinema em Palmas.  O registro de quem desbrava a sétima arte na Capital pode ser conferido na  exposição  ‘Cineastas Palmenses - Nossa história, nosso legado’, aberta nesta quarta-feira, 18, no salão da Fundação Cultural de Palmas, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho. 

A mostra é uma homenagem a fotógrafos e produtores palmenses que, por trás das câmeras, contam as nuances da capital mais jovem do País. A exposição também faz parte das comemorações do aniversário da cidade, que completa 33 anos nessa sexta-feira, 20. 

 A curadoria das imagens ficou nas mãos de Edy César, que além de professor universitário, é fotógrafo e crítico de cinema. Elisângela Dantas, programadora e curadora do Cine Cultura, foi quem idealizou a homenagem. De acordo com ela, o audiovisual palmense tem acompanhado todas as mudanças que o cinema tem enfrentado a partir das transformações e hábitos do público. "A exposição é uma oportunidade de aproximar o público dos nossos cineastas, por meio da identidade de cada obra, sejam filmes, séries, clipes e documentários produzidos por aqueles que fazem o registro de cada momento da cidade, bem como seu crescimento, suas transformações.”

Todos que quiserem visitar a exposição, até 30 de junho, poderão votar em sua fotografia preferida. Os participantes terão suas obras julgadas pelo júri popular. Além disso, instituições de ensino (escolas e universidades) podem fazer agendamento de visita guiada pelo telefone: (63) 3212-7308 ou no e-mail: cinema.fcp@gmail.com.


Homenageados 
Para Kécia Garcia Ferreira, produtora, diretora e roteirista, ações como essas dão visibilidades para aqueles que produzem cinema na região. “As pessoas talvez não conheçam quem está por trás das obras audiovisuais que estão sendo produzidas e exibidas aqui no nosso Tocantins. A Fundação Cultural, nesse espaço, faz com que a sociedade possa ter esse contato com o realizador ou cineasta tocantinense. Essa exposição foi um reconhecimento do meu trabalho, essa visibilidade mostrou todas as nuances da profissional que eu sou.”

O curador das imagens também falou sobre a visibilidade da fotografia como arte. “A fotografia tem que ser divulgada enquanto arte e Palmas precisa muito de mostras. Outro ponto importante é que a gente tem uma grande produção de audiovisual e gente que está trabalhando nisso há um tempo que merece espaço”, disse Edy César.

Participantes 
Kécia Garcia Ferreira, Érika Mariano, Eva Pereira, Nival Correia, André Nascimento Araújo, Hélio Brito, Marcelo Silva, Helen Lopes, Antônio Souza, Monise Busquets, Luciana Pettenon, Juliane Almeida, Marco Aurélio Jacob, Ernesto Duarte, Wherbert Araújo, Roberto Giovannetti, Erick Henrique, Caio Brettas, Gleydsson Nunes, João Luiz Neiva.


Fotógrafos 
Ricardo Nogueli, Monise Busquets, Glauber Matos, Savio Leandro, Sâmia Cayres, Rafael Batista, Sandra Alves, Nery Kley, Felipe Meneses, Viuller Bernardo, João Di Pietro, Érika Mariano, Dellena Batista, Júnior Suzuki e Helen Lopes.