Aplicação de nova vacina contra a covid-19 em Palmas na próxima segunda, 27

Secretaria Municipal da Saúde

Autor: Fernanda Mendonça/Redação Semus | Publicado em 24 de maio de 2024 às 14:05

Spikevax é a versão mais atualizada do imunizante incluindo, inclusive, imunidade contra a variante Ômicron XBB

A partir desta segunda-feira, 27 de maio, a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), começará a aplicar exclusivamente a vacina contra a covid-19 do laboratório Moderna. Desta forma, as vacinas da Pfizer e Coronavac deixarão de ser administradas. O imunizante estará disponível em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs) das 8 às 18 horas e será administrado apenas em pessoas de seis meses a quatro anos de idade, grupos prioritários a partir dos cinco anos de idade e em qualquer pessoa a partir dos cinco anos que não tenha tomado nenhuma dose de vacina contra covid-19.

A vacina Spikevax é a versão mais atualizada do imunizante contra a covid-19, incluindo, inclusive, a variante Ômicron XBB. Com a mudança, o esquema vacinal também sofrerá alteração conforme o público-alvo e funcionará da seguinte forma: 

Crianças de seis meses a quatro anos

  • Sem nenhuma dose de covid-19: tomar duas doses da vacina Spikevax respeitando o intervalo de quatro semanas entre a primeira e segunda doses e intervalo de oito semanas entre a segunda e terceira doses;
  • Com uma ou duas doses da vacina covid-19 (Pfizer baby e/ou CoronaVac): completar o esquema original de três doses. Se tiver apenas uma dose anterior, terá que tomar duas da Spikevax, respeitando o intervalo entre as doses. Se tiver duas doses anteriores, deverá tomar uma da Spikevax; 
  • Como esquema vacinal completo (3 doses): uma dose da Spikevax, desde que respeite o prazo mínimo de três meses da terceira dose da vacina anterior Pfizer baby e/ou CoronaVac). 

Crianças de seis meses a quatro anos imunocomprometidas

  • Sem nenhuma dose de covid-19: tomar três doses da vacina Spikevax, respeitando o intervalo de quatro semanas entre as doses;
  • Com uma ou duas doses da vacina covid-19 (Pfizer baby e/ou CoronaVac): completar o esquema original de três doses. Se tiver apenas uma dose anterior, terá que tomar duas da Spekevac, respeitando o intervalo entre as doses. Se tiver duas doses anteriores, deverá tomar uma da Spikevax;
  • Como esquema vacinal completo (3 doses): uma dose da Spikevax, desde que respeite o prazo mínimo de três meses da terceira dose da vacina anterior Pfizer baby e/ou CoronaVac).  

Grupos prioritários com pessoas a partir dos cinco anos de idade

Apenas uma dose anual da Spikevax, mesmo nos casos em que tenha tomado outras doses de vacinas contra a covid-19.

  • Trabalhadores da saúde;
  • Pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Pessoas privadas de liberdade e que tenham a partir dos 18 anos de idade; 
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas;
  • Pessoas em situação de rua;
  • Indígenas, quilombolas e ribeirinhos.

Grupos prioritários com recomendação específica

É indicada uma dose da Spikevax a cada seis meses, mesmo nos casos em que tenha tomado outras doses de vacinas contra a covid-19. Deverpa ser respeitado o intervalo mínimo de três meses da dose anterior da vacina covid-19. 

  • Pessoas a partir dos 60 anos de idade;
  • Gestantes;
  • Puérperas;
  • Imunocomprometidos.
     

 

Leia tambémSemus convoca primeiros vacinados contra a dengue em Palmas para a aplicação da 2ª dose

Saiba mais: Saúde de Palmas inicia campanha de vacinação contra poliomielite na próxima segunda, 27