Após partida disputada, equipe masculina de basquete da Escola Anne Frank está fora do Nacional

Fundação Municipal do Esporte e Lazer

Autor: Deni Rocha | Publicado em 13 de setembro de 2019 às 18:23

Time Palmas perde segundo jogo para equipe de Roraima por 32 a 15     

 

A equipe de basquete masculino da Escola Municipal Anne Frank perdeu o segundo jogo do campeonato para Roraima e está fora da etapa final dos Jogos Escolares da Juventude que acontece em Blumenau (SC) em novembro. Os atletas de Palmas lutaram muito durante a partida, mas Roraima levou a melhor e ganhou por 32 a 15.

 

Não será dessa vez que a equipe vai brigar pelo título nacional, mas os atletas garantem que apesar dos resultados, os jogos foram uma boa experiência. O ‘mascote’ da equipe, João Guilherme, 11 anos, saiu de quadra empolgado por participar da competição. “Foi uma experiência muito boa, fiz algumas cestas, foi muito legal”, disse ao lembrar que apesar de os jogos serem de 12 a 14 anos, um colega de equipe se machucou e ele teve que completar a equipe.

 

Outro atleta de destaque da equipe, Vitor Félix, declarou que faltou um pouco de entrosamento da equipe, o que pode ser causado pela saída de um jogador às vésperas de iniciar os jogos. “O professor fez um excelente trabalho, mas nós pecamos no entrosamento. Eu quero me desculpar porque a nossa representação não saiu como planejamos, mas vamos continuar treinando para os próximos jogos”.

 

As duas equipes que se classificaram para representar a região Norte na grande final em novembro foram Amazonas e Roraima.

 

Escola 

 

Apesar do resultado do jogo, não faltou emoção da torcida dos alunos da Escola Municipal Rosemir Fernandes, principalmente do Lucas Fernandes, 9 anos. “Eu estou torcendo muito todos os dias. Gosto muito de basquete, jogo sempre com meus amigos na quadra esportiva do Aureny III”, disse.

 

Quem também gostou de receber os jogos na Escola Rosemir Fernandes foi o diretor, Francisco da Silva de Oliveira Filho, que declarou  que é excepcional receber uma tarefa tão grandiosa como os Jogos Escolares da Juventude. “Eu sempre digo aos meus alunos que o esporte é muito importante na nossa vida juvenil”, declarou. 

 





Edição e postagem: Lorena Karlla