Artigos produzidos no Caps serão expostos na Praia da Graciosa nesta sexta-feira, 17

Secretaria Municipal da Saúde

Autor: Semus | Publicado em 17 de maio de 2024 às 11:50

Programação faz parte do evento 'Libertamente: Luta Antimanicomial de Palmas’

Nesta sexta-feira, 17, a partir das 16 horas, será realizada uma exposição com os artigos produzidos pelos pacientes dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) na Praia da Graciosa. Em sequência, haverá uma manifestação com grupos de percussão pela orla e ainda apresentações com palco aberto e produção de caricaturas para toda a comunidade. Segundo a  da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), a programação faz parte do evento 'Libertamente: Luta Antimanicomial de Palmas’ que visa engajar a população a desconstruir o preconceito e estigma sobre pessoas com transtornos mentais.

A artesã Osmarina Sobrinho da Silva, de 62 anos, é paciente do Caps II para tratamento de depressão. Ela mora sozinha e conta que os encontros e as oficinas fazem com que ela se sinta outra pessoa. “Receber o abraço da minha psicóloga é muito bom, criei amigas aqui e me sinto acolhida. Eu gosto de ficar sozinha, mas estar rodeada de pessoas que a gente gosta é muito melhor. Às vezes conversamos tanto que não dá tempo de terminar os artesanatos”, comentou. Os trabalhos produzidos por ela e demais pacientes estarão na exposição da praia.

A coordenadora de Saúde Mental da Semus, Eunicelha Lemos Nascimento, destaca que os pacientes do Caps recebem o tratamento em seu contexto territorial, social e familiar, a fim de potencializar a autonomia e seu protagonismo dentro da sociedade de forma humanizada e livre. “As atividades são voltadas para trabalhos em grupos e oficinas terapêuticas para envolvê-los na participação da comunidade e no exercício de sua cidadania.”


Programação do evento

Desde segunda-feira, 13, têm sido realizadas diversas atividades a fim de promover diálogos antimanicomiais e convidar as pessoas a conhecerem de perto os serviços de saúde mental. O cronograma incluiu a realização das discussões nos Caps II e no Caps Álcool e Outras Drogas III, em feiras e instituições de ensino superior que se identificam com o movimento. O encerramento da programação será na próxima terça-feira, 21, com um cine-debate na faculdade UniCatólica, localizada na ACSU-SE 140 (1.402 Sul), com a exibição do filme “Nise: o coração da loucura”.