Balanço 2019: Aumento dos atendimentos e avanços na gestão do SUS mostram que Palmas está bem de saúde

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 28 de dezembro de 2019 às 15:54

Os atendimentos em 2019 nos 34 Centros de Saúde da Capital tiveram avanço em relação ao ano anterior

Diante de tantas dificuldades enfrentadas pelo país em diversos setores, o papel do gestor público é imprescindível para garantir os direitos e necessidades da população. Quando se trata de saúde, a atenção é redobrada. Dezoito por cento do orçamento municipal investido para que os cidadãos palmenses usufruam de atendimento qualificado. É o que aponta o balanço anual de 2019 sobre os avanços em saúde e as metas a serem alcançadas no ano de 2020 apresentado pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, na última sexta-feira, 20, em coletiva de imprensa.

 

Com relação a aprovação da receita própria aplicada em Saúde na Lei Orçamentária Anual (LOA), o percentual foi de 18%, acima do índice constitucional exigido que é de 15%. O resultado do índice aplicado será disponibilizado após o envio da 6ª remessa (SIOPS) no encerramento do exercício de 2019. 

 

No período de janeiro a novembro de 2019 foram investidos R$ 189.515.648,75 (despesas pagas), em ações e serviços de saúde. Deste montante, o município de Palmas aplicou 55,27%, sendo o maior investidor. O ente federal contribuiu com 39,27%, apenas 5,24% de participação do Estado 5.24% e 0,22% de convênio. Esses dados serão alterados considerando que o exercício será encerrado em 31/12/2019.

 

Aumento dos atendimentos

 

Os 34 Centros de Saúde da Comunidade (CSCs) são as unidades de atendimento básico distribuídas na Capital, com o objetivo de atingir a população no âmbito primário da saúde pública. Esses centros são compostos por 85 equipes de Saúde da Família, 73 de Saúde Bucal e 13 do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF). No ano de 2018 foram realizados 448.807 atendimentos de janeiro a novembro. No mesmo período de 2019 foram realizados 477.597 atendimentos, o que significa um aumento de 6%.


Considerando o número de atendimentos médicos de Saúde nos 34 Centros de Saúde da Comunidade, em 2018 foram realizados 282.047 atendimentos de janeiro a novembro. Já em 2019 ocorreram 289.618 no mesmo período, significa dizer que houve um aumento de 2,62% nos atendimentos médicos.

 

Programa Saúde na Hora


O Ministério da Saúde Instituiu o Programa Saúde na Hora por meio da Portaria 930 de 15 de maio de 2019 ao qual dispõe sobre a ampliação do horário de atendimento das Unidades Básicas de Saúde da Família, com o objetivo de democratizar o acesso e resolutividade da Atenção Básica, da qual Palmas é pioneira na implantação.

 

O processo em Palmas começou em junho e atualmente são nove Centros de Saúde da Comunidade com o programa saúde na hora implantado. O balanço é bastante positivo, pois o número de atendimentos realizados no período noturno vem aumentando sistematicamente. 


Avanços em 2019


Ampliação do acesso da população aos serviços de Saúde estendendo o horário de atendimento dos CSC de Palmas como o programa saúde na hora; 


Distribuição dos uniformes dos agentes de saúde. O crescente aumento dos índices de violência cria receio na população em receber em sua residência profissionais de saúde não identificados, o uso de uniformes auxilia na redução dessas barreiras; 


Palmas passou a empregar jovens aprendizes na recepção dos Centros de Saúde da Comunidade. A medida tem dois principais pontos positivos, o primeiro é dar a oportunidade aos jovens de imergir no mercado de trabalho de maneira legal e sem prejudicar suas atividades educativas, e o segundo é melhorar o atendimento da população que utiliza os CSCs. Hoje são 59 jovens atuando em nossos CSCs;


Avanços no combate a algumas doenças como é o caso da sífilis congênita. Palmas conseguiu uma redução significativa do número de casos de sífilis congênita em 2019.


Número de atendimentos nas Unidades Especializadas (janeiro a novembro):


Policlínica de Taquaralto: 28.038 consultas/procedimentos;


Centro de Referência em Fisioterapia da Região Sul – Crefisul: 27.963 consultas/procedimentos;


Núcleo de Assistência Henfil: 13.353 atendimentos/procedimentos;


Ambulatório Municipal de Atenção à Saúde Drº Eduardo Medrado: 43.441 consultas/procedimentos;


Unidade de Pronto Atendimento Norte: 166233 consultas/procedimentos;


Unidade de Pronto atendimento Sul: 177288 consultas/procedimentos;


Samu: 60287 chamadas/deslocamentos;


Centro de Atenção Psicossocial - CAPS II: 68.305 atendimentos/procedimentos;


Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas – CAPS AD III: 21.514 atendimentos/procedimentos.


Especialidades ofertadas pela Semus:

 

Cardiologia; Cirurgiã Pediátrico; Cirurgia Geral; Dermatologia; Endocrinologia; Endocrinologia Pediátrica; Gastroenterologia; Hepatologista; Infectologia; Mastologia; Neurologia; Neurologia pediátrica; Otorrinolaringologia; Nefrologia; Pneumologia - pediatria; Pneumologia; Ortopedia; Reumatologia; Psiquiatria; Psiquiatria – infantil; Urologia; Pediatria; Ginecologia; Alto risco; Análises Clínicas; Exames de Imagem (RX, Tomografia, Ressonância, Ultrassonografias e outros).