‘Boas Práticas do Parto e Vinculação da Gestante a Maternidade de Referência’ é ofertado aos profissionais da rede municipal de Saúde

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Fesp | Publicado em 26 de outubro de 2021 às 15:40

Capacitação é fruto da parceria Fesp/Semus e Hospital Maternidade Dona Regina

A Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Escola de Saúde Pública (Fesp) e Secretaria da Saúde (Semus), deu início na manhã desta terça-feira, 26, no auditório da Semus, a mais uma capacitação voltada para os trabalhadores da Atenção Primária da rede municipal de saúde. O ‘Curso de Boas Práticas do Parto e Vinculação da Gestante a Maternidade de Referência’, idealizado e desenvolvido pelo Hospital Maternidade Dona Regina (HMDR) atendeu hoje a primeira turma voltada, especificamente, para os coordenadores das Unidades de Saúde da Família (USFs). A previsão é que o curso vá até o dia 12 de novembro.

A fisioterapeuta do HMDR, Carolina Barrionuevo, que está ministrando o curso, destacou a mudança no olhar sobre o parto natural. “De uns 10 anos para cá, a conduta do parto mudou muito. Baseado em evidências científicas, verificou-se que muitas intervenções não eram necessárias como uso indiscriminado de oxitocina, episiotomia e outras, isso tudo tem que ser esclarecido à gestante. Pois a mulher bem informada, que entende seu corpo e todo o processo pelo qual ela vai passar faz diferença no momento do parto”, explicou.  

Anatomia da mulher; posição do bebê e dos órgãos durante a gestação; trato urinário; útero, saco gestacional (placenta e bolsa amniótica); pelve e relação com o bebê e fases do trabalho de parto; direito ao acompanhante, foram alguns assuntos abordados. “Esse curso vem contribuir com nosso trabalho de acompanhamento da gestante no pré-natal, já que desperta um novo olhar da equipe no desenvolvimento de suas atividades repassando os novos conhecimentos adquiridos para toda a comunidade, especialmente quanto à questão do acompanhante que é fundamental estar inserido no processo desde o pré-natal até o parto no Dona Regina”, pontuou o coordenador da USF Laurides Milhomem, Irineu Santos.

Viabilizado pelo Núcleo de Educação Permanente da Fesp, setor responsável pela qualificação dos trabalhadores do SUS, o curso visa atender os coordenadores da USFs, médicos, enfermeiros, odontólogos e agentes comunitários de saúde. A preceptora da Residência em Enfermagem Obstétrica da Fesp, Yusely Sanchez, esclarece que para ter amplo alcance é essencial capacitar toda a equipe não apenas para empoderar a mulher a ser ativa no processo do seu parto, como também para atender indicadores previstos pelo Ministério da Saúde.

 

Cronograma

Turma - Coordenadores das Unidades

26/10 - Manhã

Turma - Enfermeiros, Médicos e Odontólogos

3/11 - Tarde

4/11 - Manhâ

Turma - Agentes Comunitários de Saúde

9/11 - Manhâ  

9/11 - Tarde

10/11 - Tarde

11/11 - Manhâ