Capacidade de uso inteligente e sustentável de energia de Palmas é apresentada em evento virtual

Secretaria Municipal Extraordinária de Assuntos Estratégicos, Captação de Recursos e Energias Sustentáveis

Autor: Redação/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 18 de maio de 2021 às 19:16

Capital tocantinense é uma das cidades com melhores índices no Ranking Connected Smart Cities, a 1ª da região Norte, 2ª em Saúde e 8ª em Mobilidade

Programa de Eficiência Energética e Parque Solar foram os dois projetos apresentados pelo secretário extraordinário de Assuntos Estratégicos, Captação de Recursos e Energias Renováveis de Palmas, Thiago Dourado, na manhã desta terça-feira, 18, em encontro regional virtual, o Connected Smart Cities & Mobility.
 
Para Thiago Dourado o encontro, mesmo sendo virtual, foi muito importante já que possibilitou a apresentação dos trabalhos já realizados na Capital e “o planejamento para realizar projetos que a torne cada dia mais, uma cidade inteligente”.
 
O secretário apresentou dois projetos que já fazem parte da vida dos palmense: o Programa de Eficiência Energética, que possibilitou a substituição de luminárias públicas comuns para iluminação em LED e a eficiência energética dentro das Unidades de Pronto Atendimento de Saúde (UPAS).
 
E também foi abordado pelo secretário o projeto do Parque Solar, um parque para gerar energia fotovoltaica suficiente para abastecer toda a rede de iluminação pública de Palmas com energia renovável, na primeira fase, e todos os prédios públicos, na segunda fase.
 
Dourado também considerou importante a troca de experiências que o evento possibilitou. “Outro ganho importante que o evento nos possibilitou foi conhecer outras experiências no Brasil, o que está acontecendo no mundo, em cidades inteligentes”, destacou o secretário, lembrando que Palmas é a 1ª no Ranking do Urban Systems Palmas na Região Norte e a 32ª no Brasil.
 
O Encontro Regional Palmas debateu sobre outras iniciativas de Smart Cities no contexto da capital tocantinense, que atualmente no Ranking Connected Smart Cities, é a 2ª em Saúde e 8ª em Mobilidade.
 
O Ranking Connected Smart Cities é um estudo desenvolvido pela Urban Systems para o evento homônimo, idealizado pela Urban Systems e pela Necta, que cria uma plataforma de discussão e negócios sobre Cidades Inteligentes, é composto por 11 eixos temáticos sendo: Mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologias e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança, e mais 70 indicadores que se conectam entre si.
 
O evento conta com a parceria do Ministério do Desenvolvimento Regional (SMDRU/MDR), Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Ministério das Comunicações (MCom) e Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.