‘Ciclo de Palestra’ aborda o empreendedorismo como forma de acesso ao mundo do trabalho

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Wédila Jácome | Publicado em 28 de novembro de 2019 às 16:38

 O ‘Ciclo de Palestra’ também será realizado nos dias 03 e 05 de dezembro


Dentro da programação do ‘Ciclo de Palestra’ promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Palmas (Sedes), por meio do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas), que tem o intuito de oportunizar acessos ao mundo do trabalho, a palestra desta quinta-feira, 28, vem despertar habilidades empreendedoras em quem está desempregado. As palestras iniciaram na última terça-feira, 26, e acontecem das 14 às 18 horas, na Escola de Tempo Integral Eurídice de Melo, com o profissional coaching, A´Eronssaytt Gomes.

 

O ‘Ciclo de Palestra’ também será realizado nos dias 03 e 05 de dezembro, e na ocasião terá os seguintes temas ‘Elaboração de currículo e Pesquisa de vagas na Internet’, ‘Empreendedorismo’; ‘Primeiro emprego’; ‘Marketing pessoal’ e, ‘Etiqueta ‘organizacional’. Sempre das 14 às 18horas, na Escola Municipal Eurídice Ferreira de Melo, Jardim Aureny III.

 

A iniciativa da Sedes é para oportunizar ao público prioritário da assistência social, que está fora do mercado de trabalho, a sua reinserção ou inserção, nos casos de primeiro emprego. Diante disso, a Secretaria trouxe esse ciclo de palestra como forma de garantir os direitos e cidadania das pessoas de 14 a 59 anos em situação de vulnerabilidade social, levando técnicas de como enfrentar os desafios e as dificuldades do mundo do trabalho e superar o desemprego.

 

Durante os três dias, os participantes  receberam noções de como elaborar um bom currículo, como se apresentar em uma entrevista de emprego, algumas estratégias de empreendedorismo, desenvolver habilidades empreendedoras e outros temas importantes para aumentar suas chances de conseguir um emprego e vencer a concorrência.

 

A última palestra do ciclo  foi focada em empreendedorismo, ressaltando conceitos, inovação, criatividade e perfil do empreendedor. A'Eronssaytt Gomes levou exemplo de muitos casos de sucesso, de empreendedores que iniciaram do zero, vendendo doces, salgados e outros. "Há pessoas que chegaram ao sucesso porque jamais procurariam fazer parte do projeto de outros, até porque é muito menor a complexidade e, assim, se tornam seus próprios patrões".

 

Evane Silva, 40 anos, está há 2 anos desempregada, durante esse tempo trabalhou de forma informal. “Estou à procura de emprego e também quero ter meu próprio negócio. Quero vender enxoval de bebê, por isso me inscrevi nas palestras”.


Tauanny  Salisa, mãe de dois filhos de 4 e 1 ano, desde o nascimento do primeiro filho não conseguiu se reinserir no mercado de trabalho. Devido à falta de emprego, Tauanny passou a fazer e vender lanches de forma informal. “Fiz há alguns meses o curso de manicure e quero muito empreender nessa área, por isso vim, para aprender sobre como empreender”.

 

 

Edição: Lorena Karlla