Cmei Príncipes e Princesas implementa projeto de leitura em parceria com Sesc Tocantins

Secretaria Municipal da Educação

Autor: Redação Semed / Edição: Denis Rocha | Publicado em 22 de maio de 2024 às 09:22

Programa Mediadores da Leitura incentiva reflexão sobre obras que ressaltam valores e temas universais, essenciais na formação das crianças

Os pequenos estudantes do Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei) Príncipes e Princesas, localizado na Arne 12 (106 Norte), contam com mais uma ferramenta pedagógica para formar desde cedo o hábito da leitura. A partir desta quarta-feira, 22, o programa Mediadores da Leitura, criado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc Tocantins), será desenvolvido na unidade escolar com a proposta de ser uma ação social de transformação da realidade por meio da leitura e da literatura.

O projeto trabalha com turmas do 2° ano do Ensino Fundamental. Os mediadores de leitura do Sesc comparecem semanalmente à unidade para desenvolver atividades de incentivo, estímulo e difusão da literatura. Com a participação do corpo docente, pretende oferecer um programa sistemático de leitura que fomente ações direcionadas ao público leitor em rodas de leitura que têm de 50 a 90 minutos de duração com cada turma, por todo o período de duração do programa, que será de maio a novembro.

Ao final das rodas de leitura, os mediadores realizarão um sarau literário para expor os trabalhos das crianças com apresentações nas modalidades contação de histórias e declamação de poesias. Serão selecionados, a partir do Sarau, os representantes que participarão do Festival de Causos e Poesia Declamada, promovido pelo Sesc.

Responsável pela introdução do programa no Cmei Príncipes e Princesas, a diretora Priscila Machado considera que o trabalho com a literatura é essencial na rotina curricular, pois é capaz de edificar e humanizar em sentido profundo o indivíduo em formação. “As rodas de leitura proporcionarão o desafio de criar novos sujeitos leitores, além de consolidar a prática da leitura naqueles que já a entendem como um hábito", disse.

Entre os possíveis objetivos e benefícios do programa Mediadores da Leitura estão despertar o gosto pela leitura, resgatar a tradição oral através da leitura em voz alta, refletir sobre obras que ressaltam valores e temas universais, essenciais na formação do caráter dos jovens. Também pode desenvolver habilidades permanentes de leitura, interpretação, reflexão e expressão escrita e oral, vitais para ampliar o acesso do jovem a oportunidades de educação e trabalho.