Comdipi participa de Audiência Pública Interativa na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 11

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Eliene Campelo | Publicado em 10 de dezembro de 2019 às 11:45

Audiência irá discutir defesa dos direitos da pessoa idosa

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas (Comdipi) irá participar nesta quarta-feira, 11, de uma Audiência Pública Interativa na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Cidoso) na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Na oportunidade a presidente do Comdipi, Simone Fontenelle, irá apresentar os programas, projetos e serviços voltados à pessoa idosa desenvolvidos em Palmas. A Audiência Pública Interativa irá abordar temas como defesa dos direitos da pessoa idosa, acessibilidade e mobilidade urbana com foco na pessoa idosa.

 

A mesa de debates será composta pelo secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Antonio Fernandes, pela coordenadora-geral de Cuidado do Departamento de Atenção ao Idoso, do Ministério da Cidadania, pelo diretor do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Henrique Noya, pela professora da University of Texas at Austin (EUA), Cristiane Gattaz, e pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas - TO (Comdip), Simone Fontenelle da Silva.

 

“Estamos felizes por esta oportunidade de mostrar para o Brasil e para o mundo os avanços que Palmas tem conseguido no atendimento da sua população idosa. Nosso objetivo é tornar Palmas uma ‘Cidade, Amiga da Pessoa Idosa’, por meio de uma gestão humanizada”, destaca Simone Fontenelle.

 

Como participar

 

A Audiência Pública Interativa terá início às 14 horas na Câmara dos Deputados em Brasília com transmissão ao vivo pelo portal da Câmara. Para acompanhar os debates o cidadão deve acessar, por meio do link "Audiências interativas: faça suas perguntas", disponível na primeira página, ou diretamente neste endereço.


Para enviar perguntas ou contribuições ao debate o cidadão deve se cadastrar e efetuar o login no momento em que acessar a página. Somente com login efetuado é possível registrar suas opiniões e perguntas.

 

 

Edição: Iara Cruz