Comunidade do CSC da Arse 13 compareceu no período noturno para se imunizar contra influenza

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 15 de maio de 2019 às 10:54

A campanha de vacinação contra Influenza segue até 31 deste mês

A semana começou com vacinação contra Influenza em horário ampliado no Centro de Saúde da Comunidade (CSC) da Arse 13 (108 Sul). A estratégia de imunização no terceiro turno foi realizada nesta terça-feira, 14, e já havia sido realizada em outros CSCs com o objetivo de ampliar à população o acesso a vacina contra a influenza.

  

Quem compareceu na unidade no horário estendido foi a costureira, Aparecida de Souza, de 61 anos, ela explica que fora do horário comercial é mais fácil comparecer a unidade.  “Durante o dia a gente quase não tem tempo e acaba deixando para depois e fica sempre para última hora, mas agora aproveitei sai do trabalho e já estou imunizada”, explica.  


Desde o começo da campanha, a Secretaria de Saúde de Palmas já imunizou 67,42% do público-alvo. O grupo que menos compareceu aos CSCs para se vacinar até a última segunda-feira, 13, pouco mais da metade 51% foram os portadores de doenças crônicas. A vacina previne contra os virus H1N1, H3N2 e Influenza B.  


No próximo dia 23, o CSCs, também abrirá no mesmo horário especial. O pai da pequena, Cecília de dois anos, Meike Coelho, levou a filha para se imunizar contra a influenza e ressaltou que a com a correria do dia a dia o horário noturno acaba ajudando. “Pegamos ela na escola e viemos direto para cá, a gente que trabalha o dia todo acaba tendo pouco tempo, mas os filhos são sempre uma prioridade e com esse tempo a mais de atendimento a comunidade sai ganhando”, comemorou.  


A campanha de vacinação contra Influenza segue até 31 deste mês. A coordenadora do CSC da Arse 13, Arlene Freitas, lembrou que a horário estendido será apenas para vacina contra Influenza.“A gente deixou a sala de vacina com atendimento contínuo seguindo das oito da manhã até às 21 horas. Lembrando que para os horários estendidos será administrada apenas a vacina contra a influenza para que possamos alcançar o público alvo, as demais podem ser tomadas nos horários normais”, lembrou.  


Podem receber a dose de vacina contra a gripe as crianças de seis meses a menores de seis anos, pessoas idosas, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filho há menos de 45 dias), profissionais de saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em cumprimento de medidas socioeducativas; detentos e funcionários do sistema prisional; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais como diabéticos, além de policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.