Covid-19: mutirão de testagem dessa semana atende 1.100 moradores da região Norte de Palmas

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 16 de abril de 2021 às 19:39

Do total, 155 pessoas tiveram IgG positivo, que confirma presença ativa do vírus, e quatro IgM positivo, indicador de memória imunológica sobre contato anterior ao vírus

O mutirão de testagem dessa semana na região Norte da Capital resultou em 1.100 pessoas submetidas a testes rápidos para detecção da Covid-19. Do total de exames realizados pela Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus), 155 pessoas tiveram resultado do tipo IgG positivo, que confirma presença ativa do vírus, e quatro IgM positivo, indicador de memória imunológica sobre contato anterior ao vírus.

A ação de testagem ocorreu na Escola Municipal Mestre Pacífico Siqueira Campos, na Arno 44 (409 Norte), na Feira Coberta da Arno 61 (503 Norte), na Feira Coberta da Arno 33 (307 Norte) e no Setor Sonho Meu.

O gerente das Linhas de Cuidados da Atenção Primária da Semus, Ilton Batista Júnior avalia a ação como satisfatória. “Atingimos o nosso objetivo que era testar um bom número da população da região e avaliar o cenário da situação epidemiológica da pandemia da Covid-19 atualmente. A nossa meta é realizar mais ações de testagem nos próximos meses”, afirma o gestor.

Para a preceptora de residência de enfermagem da Semus, Pamela Teixeira, a ação foi importante também para conscientização da população. “Nessa ação, 80% dos casos com IgG positivo não tiveram sintomas. Foi um momento de esclarecimento e fortalecimento da necessidade de manter o isolamento, pois quem já teve Covid-19 e deu IgG negativo se surpreendeu, pois achavam que estavam imunes”, acrescenta.

Atendimento

A Semus informa que, após sentir os sintomas, o paciente deve primeiro procurar uma Unidade de Saúde da Família (USF) que seja sentinela para a Covid-19, onde receberá acolhimento e será atendido por um profissional de saúde (enfermeiro ou médico). Se já estiver a partir do 8° dia de sintoma, o exame poderá ser realizado na USF no momento da consulta. Com o resultado entregue após 15 minutos de coleta do material. Em outros casos, o agendamento do paciente é realizado de acordo com a data de início de sintomas declarado pela pessoa.

Na USF é realizada a avaliação do paciente com a identificação dos sintomas como febre, tosse, perda do olfato ou paladar, dificuldade respiratória, entre outros e a emissão do termo de isolamento pelo período preconizado.

Os exames para detecção da doença realizados no Município são do tipo teste rápido e RT-PCR (Swab). Este último pode ser feito entre o 3º e o 7º dia do início dos sintomas.