Dia C nas escolas municipais estimula envolvimento de famílias e alunos na coleta seletiva

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Juliana Matos | Publicado em 02 de abril de 2019 às 12:29

Alunos foram orientados a levar na próxima sexta-feira, 05, materiais recicláveis para destinação às cooperativas e associações de Palmas

Latas de leite em pó, garrafas plásticas, embalagens de produtos de limpeza e caixas de papelão são alguns dos muitos materiais que vão, junto com o lixo orgânico, todos os dias para o aterro sanitário apesar da possibilidade de reciclagem ou reaproveitamento.

 

Para convidar as famílias de alunos de toda rede municipal de Educação de Palmas a colaborar com a separação de recicláveis, na próxima sexta-feira, 05, acontecerá o Dia C da Coleta Seletiva nas escolas de Palmas.  Todos os materiais recicláveis encaminhados para as escolas serão recolhidos pelas cooperativas de catadores para destinação correta.

 

A data incentiva tanto pais quanto alunos a realizarem a separação de resíduos feitos de papel, plástico ou metais para destinação à reciclagem. Para divulgar o Dia C, uma equipe da Fundação de Meio Ambiente (FMA) esteve, nesta terça-feira, 02, na Escola Municipal Darcy Ribeiro, na Arse 91. Ocasião em que os alunos foram esclarecidos sobre quais materiais podem ser reciclados e como realizar a separação, para destinação para o Dia C e para o Coleta Palmas, programa municipal que incentiva a permanente destinação de recicláveis às cooperativas e associações de catadores. O programa possui cerca de 20 pontos de coleta, com contêineres identificados, distribuídos pela cidade para atender a comunidade em geral.

 

O que e como separar

 

Para total aproveitamento de recicláveis feitos de plástico, metal ou papel, é importante que ao separar os recicláveis seja feita a limpeza de resíduos que possam danificar ou contaminar o material. “É importante limpar as embalagens de alimento por dentro para garantir que não surjam mau cheiro ou contaminação no material. Basta passar água e deixar escorrer para secar. Isso é importante porque, quando o material é contaminado por odor ou alimento estragado, ele não pode ser reciclado”, explicou, com demonstrações didáticas, aos alunos o estagiário da FMA Danillo Nunes.

 

Ele explicou ainda que embalagens tetrapac - feitas por camadas de plástico, papel e metal - podem ser descartadas no contêiner de metal para evitar danos ao papel descartado. A aluna do 9º ano Vitória Benati, 14 anos, demonstrou familiaridade com o assunto. “Em casa minha mãe começou a separar o lixo há tempo já. Lá em casa todo mundo já sabe e ajuda”, disse Vitória.

 

Coleta Seletiva

 

Todos os 520 alunos da Escola Municipal Darcy Ribeiro receberam o alerta. A supervisora da escola, Lu Costa, aproveitou para reforçar que o Dia C já está previsto mensalmente em todos os meses do ano letivo. “Acreditamos que essa é uma preocupação com nossa qualidade de vida e com nosso futuro. Precisamos deixar os maus hábitos e partir para a prática por nós adultos e pelos nossos jovens”, disse ela.

 

A ideia é que com a iniciativa dos alunos e seus familiares, a comunidade vizinha à escola também siga o exemplo destinando material reciclável ao ponto do Coleta Palmas, que fica na praça na lateral à escola.

 

A gerente de Educação Ambiental da FMA, Marineiva Pereira de Souza Silva, explica que esse trabalho de orientação sobre descarte de recicláveis continuará sendo feito em outras escolas em busca de mais envolvimento das famílias e divulgação do processo de destinação de resíduos reaproveitáveis por meio do Coleta Palmas.

 

 

 

Revisão e postagem: Iara Cruz