Dia de Cultura mobiliza usuários da abrangência do Cras Aureny III com diferentes apresentações culturais

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Redação Sedes | Publicado em 30 de abril de 2019 às 21:49

As ações foram desenvolvidas por idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Exposição de poesia, de artesanato, de comidas típicas, oficinas de ponteira de lápis, dança e um bate-papo sobre as peculiaridades regionais de cada participante fizeram parte das atividades do Dia da Cultura, realizado no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Aureny III, na tarde desta terça-feira, 30. As ações foram desenvolvidas por idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com intervenções intergeracional.

 

A recepção dos participantes foi feita pela pedagoga Elda Souza Santana, que falou sobre a iniciativa de promover um dia de cultura e a importância da troca de experiências pelos idosos. “Trazer para nossos idosos essa vivência de cultura de lembrar-se de onde vieram, onde nasceram e qual sua maior lembrança é fortalecer os vínculos familiares e agregar valores culturais”, comentou.


Maria do Bonfim Fonseca, frequentadora do Cras Aureny III, disse que as atividades ajudam os idosos a saírem da rotina e a se divertirem. Para ela é uma oportunidade de distração e de conhecer novas pessoas e seus costumes.


Para o diretor de proteção social básica da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Felipe Barbosa, “o evento oportunizou troca de conhecimentos entre os participantes e a interatividade entre eles, já que a cultura não pode ser medida ou referenciada pela condição social de qualquer pessoa”, frisou ao lembrar que o Serviço de Convivência busca trazer a realidade de várias culturas e a possibilidades de propor a diferença na vida de cada um.


Todo o material exposto foi confeccionado pelos usuários da Unidade e participantes do SCFV. O evento também contou com apresentação de comidas típicas e atividades simultâneas como momento de dança, apresentação do filme brasileiro ‘O Alto da Compadecida’ e espaço Kids, com oficina de ponteira de lápis para as crianças.