Efeitos visuais marcam apresentações teatrais no primeiro dia do FAES

Secretaria Municipal da Educação

Autor: Redação Semed | Publicado em 08 de dezembro de 2022 às 13:03

Cronograma levou ao palco parte do trabalho educacional realizado em 11 unidades educacionais da Capital

Efeitos visuais e sensoriais, em interpretação teatral e poética, compuseram a tarde de apresentações do Festival de Artes das Escolas de Palmas (FAES) nesta quarta-feira, 7. O cronograma reuniu 11 unidades escolares que concorrem com peças teatrais, nas categorias comédia, auto, teatro de bonecos e teatro de sombras. Neste ano, a edição do FAES aborda o tema ‘Bicentenário da Independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no Brasil’ e segue até sábado, 10, levando ao público um pouco do trabalho educacional diversificado realizado nas unidades educacionais da Capital.

Uma das primeiras apresentações da tarde, o espetáculo 'Brado Retumbante' levou ao palco o significado e a interpretação do hino brasileiro na perspectiva do grupo teatral formado por estudantes da ETI Fidêncio Bogo, de Taquaruçu Grande. Os alunos encenaram peça temática com uma ilustração que misturou tons da bandeira nacional, com sons e luzes, envoltas por capas negras. O grupo, formado por oito estudantes, concorreu na modalidade auto.

O professor de teatro Fabrício Ferreira falou do protagonismo dos estudantes na criação das imagens e visualidades retratadas na peça. Ferreira conta que apenas mediou o trabalho de estudo acerca da letra do hino nacional brasileiro. Segundo ele, enredo, figurino e visualidades se basearam na interpretação construída pelos próprios alunos durante as aulas.

O estudante Daniel Lima, integrante do auto 'Brado Retumbante', falou do processo de produção do espetáculo e do divertimento em fazer parte da produção. Ele destacou seu desenvolvimento quanto à segurança de subir ao palco e entregar ao público a interpretação, permitindo com que o expectador sinta emoção. Lima estuda teatro há cerca de quatro anos na ETI Fidêncio Bogo.

O ator e jurado Paullo Aires enfatizou a importância do engajamento das escolas no movimento cultural gerado pelo FAES em Palmas. Para Aires, as relações do festival trazem oportunidade para que as escolas conheçam uma o trabalho da outra, contribuindo ao desenvolvimento cultural, social e cidadão.

Confira aqui o resultado das escolas vencedoras da categoria conforme modalidade, colocação e pontuação.