Eleitas as entidades da sociedade civil que irão compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente no biênio 2020/2021

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Eliene Campelo | Publicado em 17 de dezembro de 2019 às 16:02

Conselho é composto por 12 conselheiros e 12 suplentes divididos de forma paritária entre representantes do Poder Público e da Sociedade Civil Organizada

Foi publicada no Diário Oficial do Município de Palmas desta segunda-feira,16, a Resolução Nº 077, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Palmas (CMDCA) que traz a lista das seis entidades eleitas no último dia 06 de dezembro para compor a entidade como representantes da sociedade civil organizada no Biênio 2020/2021.

 

Após esta etapa, será realizada a diplomação e posse dos membros titulares e suplentes do Conselho no dia 20 de janeiro de 2020 na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

 

Puderam votar representantes de instituições da sociedade civil que estavam presentes no dia da eleição, 06 de dezembro, na sede da Secretaria. “O próximo passo a ser realizado é o envio de ofícios para as instituições do poder público solicitando a indicação do conselheiro titular e seu suplente para darmos início aos preparativos da posse que será em janeiro 2020”, explica a secretária executiva do CMDCA, Santana Barbosa Dias.

 

A função de conselheiro (a) é considerada de interesse público relevante e o seu exercício não é remunerado. Confira abaixo as entidades e o respectivo quantitativo de votos:

 

I- Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Glória de Ivone (Cedeca/TO), 10 votos;

II- Fundação Semear Liberdade, 10 votos; 

III- Pastoral da Criança, 10 votos;

IV- Sementes do Verbo, 10 votos;

V- Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), 08 votos;

VI- Associação Atlética Atenas, 07 votos.