Em alusão ao Dia Mundial de Higienização das Mãos, Semus reforça a importância do cuidado na pandemia

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 04 de maio de 2021 às 20:00

Medida é eficaz contra diversas doenças infectocontagiosas

O Dia Mundial de Higienização das Mãos comemorado no dia 5 de maio reforça uma das medidas contra a Covid-19 considerada das mais eficazes para combater a doença. Com a situação de pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) reforça a importância da higienização adequada das mãos.

 

Para a gerente de Ações Territoriais da Atenção Primária da Semus, Maressa Ribeiro, o hábito de lavar as mãos regularmente sempre foi uma medida eficaz contra várias outras doenças, mas com a pandemia o que já era importante é agora indispensável. “É importante que as pessoas sempre adotem as medidas divulgadas pela rede da saúde, elas fazem parte de uma estratégia eficaz no combate de várias doenças”.

 

Segundo a gerente é importante que a higienização das mãos seja feita com água e sabão por no mínimo 20 segundos e caso não seja possível com álcool em gel 70%. No caso de compras de alimentos como legumes e verduras, é necessário que antes de escolher seu produto a mão seja higienizada em uma pia disponível pelo local, e antes de consumir os alimentos também é preciso ter cuidado com a sua higienização.

 

Como higienizar as mãos

 

Na higienização das mãos é importante não portar adornos, pois podem acumular organismos em suas superfícies. O sabão tem que ser suficiente para cobrir todas as mãos. “É importante que esse processo leve mais de 20 segundos, esfregue as palmas e costas das mãos, entre os dedos, polegares e unhas. Ao enxaguar use água corrente e abundante”, afirma a enfermeira Viviane Rosal Fonseca de Toledo.

 

A enfermeira explica que para realizar a lavagem adequada é preciso ensaboar as palmas das mãos, friccionando-as entre si. “Esfregue a palma de cada mão contra o dorso da outra, entrelaçando os dedos, esfregue os polegares com o auxílio da palma da mão utilizando movimento circular”, detalha.

 

Viviane acrescenta que, posteriormente, é necessário esfregar as pontas dos dedos e unhas de cada mão, fechada em concha, fazendo movimento circular. “E depois esfregue os punhos com o auxílio da palma das mãos. Enxágue as mãos, retirando os resíduos de sabonete”, completa.

 

Na higienização com álcool gel 70% é necessário que todo o produto entre em contato com as superfícies das mãos.