Em atividade descontraída, idosos aprendem como autoexame pode prevenir o câncer de boca

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Juliana Matos | Publicado em 05 de novembro de 2019 às 18:19

Em atividade descontraída, idosos aprendem como autoexame pode prevenir o câncer de boca


Você já fez autoexame da boca? Ele é significante para observar  se há pequenas lesões ou manchas na boca há mais de 20 dias. Se isso for notado é importante buscar ajuda de um dentista para avaliação da causa. Essas e outras informações foram repassadas aos idosos do Parque Municipal da Pessoa Idosa Francisco Xavier, em Palmas, a fim de incentivar mais atenção sobre a rotina de cuidados com a boca. Nesta terça-feira, 05, professores e estudantes do Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITPac)  do campus de Palmas e representantes da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) – Seccional Tocantins realizaram um bate-papo bem extrovertido com idosos que frequentam o parque para explicar como é importante prestar atenção à boca.


Rotina de cuidados e observação da saúde bucal são importantes para prevenção de inflamações, cáries e até identificação precoce do câncer bucal, mais suscetível no público com idade acima dos 50 anos.


Além de falar sobre os fatores de risco, como bebida e cigarro, e primeiros sinais do câncer e outras doenças bucais, a representante da ABO-TO, Karina Maschietto frisou a importância do autoexame para a prevenção do câncer e diferenciação de outras doenças. O autoexame pode ser realizado em frente ao espelho, sob luz forte, para observação da gengiva, língua, mucosa bucal e dentes.


“Para o idoso é importante receber essa informação de cuidado dos dentes que eles têm, assim como informação de prevenção de futuros problemas. Por isso alertamos para que, em caso de qualquer lesão que não cicatrize com mais de 20 dias, é interessante que se observe e que procure um profissional porque quanto mais cedo se descobre o câncer de boca melhor o prognóstico, especialmente, para pessoas com mais de 50 anos”, frisou a professora do ITPAC Palmas, Ana Paula Alves Gonçalves Lacerda.

 

Aprendendo a se cuidar

 

Os estudantes de Odontologia, acompanhados também da professora Ketlin Lara Vanzo, ajudaram na orientação dos idosos e na realização do autoexame bucal.  Também foram distribuídos kits com escova e creme dentais e explicado quais os tipos de cerdas de escovas para cada tipo de necessidade.


“Acho muito importante esses cuidados, porque já sofri muito com dor de dente, hoje tenho prótese. Agora sei como saber fazer a escovação direito e fazer a revisão bucal sempre. É algo que agora valorizo e recomendo muito a meus netos”, contou a aposentada Raimunda Cirqueira Galvão, 74 anos.   “É ótimo aprender como cuidar melhor, porque é importante para prevenir muita coisa, como eles explicaram. Até meu neto já aprendeu na escola”, disse a Deleci Maria Lopes da Silva, 71.


A coordenadora do Parque Municipal da Pessoa Idosa, Silvanete Mota de Oliveira, agradeceu a ação. “Estamos contentes com a proposta. Aqui a programação é sempre variada justamente para contemplar informação que reforce o estilo de vida com qualidade proposto para o idoso que atendemos no Parque”, frisou.

 

 

Edição: Lorena Karlla