Em live, Prefeitura de Palmas sorteia endereços das 500 famílias aprovadas para receber casas no Jardim Vitória I

Secretaria de Habitação

Autor: Wédila Jácome | Publicado em 10 de julho de 2020 às 19:04

A previsão é que as novas casas sejam entregues até o final do mês 


Buscando novas formas para seguir as recomendações de distanciamento social na administração pública, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, juntamente com representantes da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) e da Caixa Econômica Federal, realizaram uma live na tarde desta sexta-feira, 10, onde foram sorteados os novos endereços das 500 famílias aprovadas para receberam as casas do Residencial Jardim Vitória I. A previsão é que as novas casas sejam entregues até o final do mês.

 


Também puderam acompanhar o sorteio cinco moradoras que estavam ansiosas para conhecer o endereço de suas casas próprias. A relação dos endereços de cada contemplado será divulgada no Diário Oficial de Palmas, ainda nesta sexta-feira, 10, e também poderá ser acessada na página da Sehab.

 


“Vocês estão recebendo uma casa, um lar feito com muito capricho, amor e com toda a infraestrutura necessária, acessibilidade, calçadas, terraplanagem, sistema de água de esgoto, iluminação toda em LED e energia solar. Muito em breve também vamos entregar para a população do bairro e entorno um CMEI, ou seja, todo um conjunto, uma logística foi pensada para atender a população de forma integral”, destacou a prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro, acrescentando o valor do investimento na ordem de R$ 2 milhões.

 


Mãe de cinco filhos, e no momento desempregada, Elfagner Alves de Souza, de 36 anos, não se conteve e gritou quando verificou no telão o seu novo endereço. “Parece até um sonho, vou ter minha casa própria, não vejo a hora de poder entrar”. O mesmo sentimento encheu de alegria o rosto de Neuzanir Pereira Azevedo, 39 anos, que vive em Palmas desde 1997, mãe de sete filhos, sendo que quatro ainda moram com ela. Neuzanir deixará o barraco cedido onde vive atualmente para morar em seu novo lar. “Só de saber que agora a casa é da gente, é uma alegria imensa. Meus filhos não veem a hora de conhecer o local, ver a escola, a creche”.  

 


A autônoma Ana Luiza Domingues Lima, 22 anos, vende doces para sustentar seus dois filhos, um de quatro anos e outros de 2 anos. “Pago 300 reais de aluguel. Parece que ainda não caiu a ficha que terei minha própria casa, um local para chamar de meu”. Dentro desse objetivo de proporcionar dignidades aos moradores de Palmas, para poderem ter sua casa, o secretário Fábio Frantz reafirmou o compromisso da gestão: “Queremos até o final do ano entregar duas mil casas”.

 

 

Exemplo para outras localidades

 

 

Durante a live, a gerente de Habitação da Caixa Econômica Federal em Palmas, Glaucia Paraíba, passou algumas orientações aos moradores que estavam acompanhando o sorteio online. “Normalmente fazemos o sorteio e as orientações em auditório com todas as famílias contempladas, mas devido à pandemia, e a recomendação de distanciamento, optamos pela transmissão via internet”.

 


Também participou da Live o superintendente regional da Caixa Econômica, Vandeir Ferreira, que destacou a inovação do projeto das casas que serão entregues com sistema de energia solar. “Esse modelo pode servir de exemplo para os empreendimentos da Caixa em outros locais do País”.

 


Jardim Vitória I

 


Os selecionados do empreendimento Jardim Vitória I são famílias que atendem critérios do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) - Faixa I. As prestações variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, a depender da renda de cada família. Cada lote do empreendimento tem 180 m² com uma casa de 44,58 m² de área construída dividida em dois quartos, sala integrada à cozinha, banheiro e área de serviço.

 


O investimento unitário é de R$ 80 mil, incluído neste total, a aquisição do terreno, bem como a infraestrutura completa como terraplenagem, drenagem pluvial, rede de esgoto, rede de água, pavimentação, placa solar, paredes de concreto e estrutura com aço galvanizado, calçadas com acessibilidade, sinalização viária e iluminação das vias em LED.

 

 

Edição: Lorena Karlla