Equipamentos da Sedes realizam atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

Secretaria do Desenvolvimento Social

Autor: Redação Sedes | Publicado em 16 de maio de 2019 às 17:28

O evento tem o objetivo de fortalecer os vínculos comunitários, promover e sensibilizar a reflexão sobre a prevenção contra a violência sexual e incentivar a criança e ao adolescente ao autocuidado e autoproteção



Com o objetivo de fortalecer os vínculos comunitários, promover e sensibilizar a reflexão sobre a prevenção contra a violência sexual e incentivar a criança e ao adolescente ao autocuidado e autoproteção, a Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), está realizando diversas atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Na manhã desta quinta-feira, 16, o Cras Taquaruçu promoveu atividades na Escola de Tempo Integral Sueli Pereira Reche, para lembrar a data que é comemorada anualmente no dia 18 de maio.

 

De acordo com a coordenadora do Cras Taquaruçu, Neuza Ferreira, a ação também visa informar, tanto aos pais e responsáveis quanto às crianças e aos adolescentes, sobre as redes de proteção, além de identificar as diversas formas de violência sexual.

 

Neuza Ferreira alerta que “a campanha de combate ao abuso e exploração sexual tem o objetivo de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes”, pontuou.

 

Em Taquaruçu a ação contou com a participação da facilitadora Elizete Sales Sodré, que é pedagoga com experiência em gestão, orientação pedagógica e educacional na Prefeitura de Palmas e consultora Claves das metodologias: “Brincando nos fortalecemos para enfrentar situações difíceis e Promoção de Bons tratos em Família”.

 


Cras Santa Bárbara


 

No período da tarde o tema foi debatido em Roda de Conversa com adolescentes, no penúltimo encontro do percurso “Brincando nos fortalecemos para enfrentar situações difíceis”, que trabalha a temática de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes.

 

Este foi o oitavo encontro que o Cras organizou com crianças de 6 anos de idade, durantes os encontros são realizadas oficinas lúdicas, desenvolvidas em parceria com o programa Claves e o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Cantinho da alegria.

 

A metodologia Claves constitui-se como uma proposta de trabalho para a prevenção dos maus tratos e da violência sexual na infância e na adolescência, além de promover bons tratos em família.