Escritores mirins da ETI Almirante Tamandaré participam de sessão solene da Câmara Municipal

Secretaria Municipal da Educação

Autor: Redação Semed | Publicado em 06 de dezembro de 2023 às 09:50

Após evento oficial, autores das 72 obras escritas e ilustradas como parte do projeto Marinheiro Escritor promovem sessão de autógrafos

Acontece nesta quinta-feira, 7, a partir das 19 horas, no plenário Tarcísio Machado da Câmara de Vereadores de Palmas, a sessão solene em homenagem aos escritores mirins da Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré. Após a sessão, os jovens escritores promovem uma noite de autógrafos das 72 obras escritas e ilustradas como parte do projeto Marinheiro Escritor em parceria com a plataforma on-line SuperAutor. Será também a primeira vez que os autores verão sua obra fora da plataforma, pois os livros foram impressos para o evento.

A ideia de promover a produção literária na escola surgiu após o sucesso do projeto de incentivo à leitura ‘Campeões de Leitura’ desenvolvido em 2022, cujo objetivo era despertar o gosto pelo saudável hábito e valorizar os leitores com premiação individual. A participação e dedicação ao projeto foi tão grande que a inserção dos alunos do 4º ano no universo da produção literária surgiu naturalmente, gerando obras em diversos gêneros literários, como fábula, suspense, contos e poesia.

Assim, sob supervisão das bibliotecárias Gulnara Freitas e Inara Fernanda Luiz Cardoso e com o apoio dos professores regentes dos 5º anos, em 2023 os 72 alunos participantes foram incentivados a escrever e ilustrar seus próprios livros, já no âmbito do projeto Marinheiro Escritor.

Gulnara explica que a plataforma ajuda muito o trabalho dos estudantes, pois entrega as folhas já definidas para a produção textual e as imagens referentes à página escrita. Paralelamente, foi feito um acompanhamento individual para auxiliar cada aluno na definição do assunto a ser escrito, escolha do desenho a ser feito e também as correções necessárias. Quem tinha dificuldade na escrita criou a história oralmente e recebeu auxílio para a digitação no site. Os que apresentaram dificuldade para fazer o desenho foram orientados para que tivessem auxílio dos colegas ou da família.

“O projeto contou com o apoio do vereador Major Negreiros, que comprou um livro de cada aluno e garantiu que os mesmos permaneçam na biblioteca da escola e façam parte do nosso acervo, pois já sabíamos que nem todas as famílias teriam condição financeira de comprar o livro. Estamos muito ansiosas com o evento de amanhã, pois irá coroar um ano de trabalho que ficará eternizado na biblioteca da ETI Almirante Tamandaré”, considera Gulnara.