Espaços públicos ganham adesão dos palmenses

Fundação Municipal do Esporte e Lazer

Autor: Redação Secom | Publicado em 21 de abril de 2018 às 12:32

Locais são utilizados para lazer e práticas de atividades físicas

 

  

Apreciar o pôr do sol, fazer piquenique, andar de skate, correr e jogar badminton, essas são algumas das infinidades de coisas que podem ser feitas nos locais públicos de Palmas. Além de ser uma cidade plana e, por sua população jovem, os investimentos nesses espaços têm estimulado palmenses e visitantes a criarem hábitos de explorar mais a cidade para práticas de atividades físicas e de lazer. Na Capital, Parque dos Povos Indígenas (PPI), Parque Cesamar e Praia da Graciosa são os locais mais ocupados, além das praças internas das quadras.

 

 

O que contribuiu para a pesquisa divulgada ano passado pelo Ministério da Saúde, na qual Palmas foi considerada a capital brasileira com as menores taxas de obesidade, excesso de peso e hipertensão. Em um estudo que considerou, além de hábitos alimentares, a prática de atividades físicas.

 

 

O comerciante, Adão Alves, costuma ir aos parques diariamente com a família. Inicialmente, levava os filhos para andarem de patins e só ficava olhando, agora costuma andar de patins junto com eles. Foi assim que conheceu com outras famílias e se tornaram amigos que possuem até grupos no WhatsApp. “Socialmente é muito importante ter esses espaços, culturalmente é mais importante ainda, porque aqui é um lugar não só para lazer, mas de interação”, contou.

 

 

Adriano Velosô foi um dos amigos que o Alves conquistou andando de patins no Parque Cesamar. “Eu perdi 13 kg desde que adquiri o hábito de andar de patins todos os dias. Agora se eu fico em casa eu fico louco, preciso vir porque é muito bom”, comentou.

 

 

“A gente trabalha a semana toda, então no final do dia e nos finais de semana a gente quer um momento de lazer. Eu venho ao Parque dos Povos Indígenas (PPI) de segunda a sábado para jogar vôlei e sempre trago minha família e amigos”, disse a técnica de enfermagem, Francisca Alves. 

 

 

O educador físico, Rhauan Medeiros, pratica atividades físicas ao ar livre desde os 12 anos de idade. “A prática no meio ambiente ela é mais lúdica, te dá mais prazer. Quando você tem contato com o meio ambiente, você tem um prazer muito maior em fazer a atividade e superar os desafios que ela te propõe”.

 

 

A psicóloga, Keyla Milhomem, indica a prática de atividades ao ar livre. “São excelentes para relaxar, o que contribui para a qualidade de vida. E quando você sai de casa para caminhar ou correr, é possível observar melhor a dinâmica da cidade e até de interagir com outras pessoas, coisas que normalmente passam despercebidas com a correria do dia a dia”, apontou.

 

 

“Outra vantagem é a precaução de várias doenças como obesidade, diabetes, hipertensão, depressão, dentre outras. Além de melhorar a auto-estima e o humor, combate o estresse e a ansiedade”, complementou a psicóloga.

 

 

Experiência inovadora

 

 

No último sábado, 14, o Clube dos Desbravadores do Universo passaram a noite na Praia da Graciosa em contato com a natureza. Ao todo 35 pessoas participaram da pernoite do grupo de escoteiros, aprendendo a fazer nós e dicas de preservação do meio ambiente. Para Robert Torres, um dos líderes do clube, “atividades ao ar livre proporcionam o bem-estar, por isso utilizamos espaços públicos para realização das ações do nosso clube”.

 

 

“Somos do Jardim Taquari e esta é a primeira vez que estivemos na Graciosa. Foi uma experiência muito boa que pretendemos repetir”, destacou Torres que disse ainda que o clube de escoteiros surgiu com o intuito de tirar jovens das drogas, da vulnerabilidade social.

 

 

Principais espaços públicos ocupados

 

 

 

Parque dos Povos Indígenas (PPI) – apesar de ser novo, já é ponto de encontro para quem ama a natureza. Oferece aos cidadãos uma pista profissional de skate com 600 m²; duas quadras de areia para vôlei e futevôlei, com arquibancada; duas quadras de areia para prática de peteca e badminton; quadra de areia com suporte para fazer slackline; ciclovia; pista de cooper; playground, academias ao ar livre e redário. Além de banheiros, bebedouro, duchas, bicicletário e estacionamento.

 

 

 

Parque Cesamar – um dos locais prediletos dos palmenses para “fugir da cidade”. Possui pista de skate, pista de cooper, bicicross, academias e outros equipamentos para a prática atividades físicas. O ambiente favorece fazer piqueniques, festas de aniversário e encontros com os amigos.

 

 

 

Praia da Graciosa – é ponto de passagem obrigatório pelos turistas. Disponibiliza cliclovias, pista de caminhadas, quadras de areia, locação de pranchas para praticar stand up paddle, bares e restaurantes. O cenário da praia é escolhido por muitos para fazer ensaios fotográficos, apreciar o pôr do sol, fazer festas de aniversário e luaus.

 

 

Orientações para prática de atividades físicas ao ar livre

 

 

O personal trainer Clayton Nascimento orienta as pessoas que tem interesse em praticar atividades físicas ao ar livre que primeiramente procure orientação de um profissional formado em educação física, um profissional também de nutrição e um cardiologista para ter um acompanhamento. Ainda de acordo com Nascimento, o personal trainer consegue fazer um bom treino com uma variação de atividades, e sugere fazer, pelo menos uma vez na semana, fisioterapia para prevenir lesões.