ETI Padre Josimo promove semana de prevenção à dengue

Secretaria Municipal da Educação

Autor: Redação Semed / Edição: Denis Rocha | Publicado em 28 de fevereiro de 2024 às 05:46

Envolvimento dos estudantes é essencial neste período favorável à propagação do Aedes aegypti

O Projeto ‘Semana contra a dengue: Escola Padre Josimo Tavares em ação’ está sendo desenvolvido na escola com o objetivo de conscientizar os alunos sobre os riscos da dengue e promover ações de prevenção. A iniciativa considera que o envolvimento ativo dos estudantes na promoção de um ambiente escolar livre de criadouros do mosquito é essencial neste período favorável à propagação do Aedes aegypti, transmissor da doença.

O início aconteceu nesta segunda-feira, 26, com palestras e atividades extra sala acerca de prevenção aos focos de reprodução do mosquito, uso de repelentes, limpeza de terrenos baldios, sintomas e campanhas de conscientização. Durante a semana estão previstas aulas interativas sobre o ciclo de vida do mosquito e oficinas de arte para criar cartazes coloridos sobre os meios de prevenção. Os cartazes ficarão expostos nos corredores da escola até a culminância da ação, que será no dia 6 de março. A parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) garante o suporte técnico para as palestras e demais ações.

Nos arredores da escola, ainda será realizado o jogo educativo ‘Caça ao Mosquito’, que irá identificar e eliminar potenciais criadouros e evitar o contágio vindo de fora. A participação dos alunos nas atividades será monitorada, além de serem aplicados questionários para avaliar o conhecimento adquirido e seu impacto na prevenção ao longo do projeto.

O engajamento da comunidade escolar e local na luta contra a dengue também é apontado como fator importante. Para alcançar esta mobilização, está sendo feita a distribuição de material informativo e fôlderes educativos a pais e responsáveis, além de divulgação de todas as atividades nas redes sociais. “Em meio aos desafios de saúde pública, a escola assume um papel vital no combate à dengue. Por isso queremos capacitar as crianças do ensino fundamental a serem agentes de mudança em suas comunidades, levando a mensagem de prevenção para casa e vizinhança, formando uma corrente de educação e cidadania”, considera Rausley Rodrigues, coordenador de Educação para a Cidadania.