Evento sobre combate ao racismo vai reunir arte, batalha de rimas e recreação para agitar a Arse 112

Fundação Cultural de Palmas

Autor: FCP | Publicado em 24 de maio de 2024 às 14:28

Programação do Cerrado Rap neste sábado, 25, contará com feira de artesanato e brinquedos infantis

Neste sábado, 25, a Praça da Quadra Arse 112 (1106 Sul) será palco de um evento que promete unir música, cultura e luta social. O Cerrado Rap começa às 19 horas e tem como objetivo celebrar a riqueza da cultura afro-brasileira e destacar a importância do combate ao racismo e à desigualdade social. A programação traz entretenimento para todas as idades, com uma feirinha cultural, praça de alimentação e uma área de recreação com pula-pula para as crianças, buscando envolver toda a comunidade em diversas atividades. Além disso, haverá espaço para apresentações de freestyle, grafite ao vivo, debates e a tão esperada batalha de rimas, que premiará o MC vencedor com R$ 1.000,00.

 

O projeto, realizado com recursos da Lei Paulo Gustavo, por meio da Fundação Cultural de Palmas (FCP), visa promover a arte e a cultura local e também sensibilizar a população sobre questões raciais e sociais. Através da expressão artística, o Cerrado Rap busca conscientizar e incentivar o pensamento crítico sobre temas como racismo e desigualdade.

 

Batalha de Rima

Com uma proposta temática inovadora, a batalha de rima do evento desafiará os MCs a incluírem palavras relacionadas à cultura afro-brasileira, à luta antirracista e ao combate às desigualdades em suas rimas. O público e uma equipe de jurados avaliarão critérios como quantidade de rimas, ritmo e coesão temática para eleger os três finalistas.

 

Serviço

Evento: Cerrado Rap
Data: 25 de maio (sáb)
Horário: 19h às 00h
Local: praça da Arse 112 (1106 Sul)

 

Leia tambémGrupo Missão Sacramento se apresenta neste domingo, 26, no Som do Bosque