Famílias da zona rural de Taquaruçu já podem contar serviços de saúde do Ponto de Atendimento Vida e Luz

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 14 de dezembro de 2019 às 09:42

Na ocasião houve atualização da caderneta de vacina dos pacientes e busca ativa de casos de hanseníase

Nesta sexta-feira, 13, a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), inaugurou o Ponto de Atendimento Vida e Luz, na zona rural do distrito de Taquaruçu. Mais de 150 famílias residem na região do Assentamento Etiópia Estiva Veredão, que contempla a área de abrangência do Centro de Saúde da Comunidade (CSC) Walter Morato.

 

A reabertura do local irá beneficiar a população rural por meio de atendimentos humanizados em períodos quinzenais. Na ocasião houve atualização da caderneta de vacina dos pacientes e busca ativa de casos de hanseníase. Posteriormente os atendimentos para o prestação do cuidado continuado serão ampliados.  

 

“É fundamental aproximar a saúde das pessoas. Desta forma traremos as equipes de saúde para realizar um acompanhamento. Nosso objetivo é que consigamos ampliar essa aproximação com a população de outras zonas rurais”, afirma o secretário Municipal de Saúde, Daniel Borini

 

A Diretora de Atenção Primária, Terezinha dos Santos, aponta que a readequação do ambiente contou com o apoio de outras secretarias para beneficiar a população de extrema necessidade, devido à distância do posto de atendimento de Taquaruçu. “Trazer a unidade para próximo dessa população é humanizá-los, diminuir o sofrimento”.

 

O lavrador Osmar Gomes, 64, é morador do Assentamento há dez anos e lembra a dificuldade que as famílias tinham. “tínhamos essa dificuldade por conta da distância, o deslocamento é difícil porque muitas pessoas são idosas e esse posto é muito importante”, esclarece Osmar.