Farmacêuticos recebem curso sobre atendimento clínico e prescrição de medicamentos

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Fesp | Publicado em 23 de setembro de 2021 às 14:40

O treinamento está sendo oferecido pelo Conselho Federal de Farmácia, Fesp e CRF/TO aos profissionais do Tocantins

Atualizar os conhecimentos sobre as atribuições e as atividades dos profissionais de Farmácia é o objetivo do curso ‘Prescrever em Problemas de Saúde Autolimitados’, que está sendo oferecido pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) em todo o estado com o apoio do Conselho Regional de Farmácia do Tocantins (CRF/TO). Na Capital, o treinamento conta com a parceria da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) e será realizado presencialmente em seis módulos a partir do dia 8 de outubro (veja a programação no final do texto).

Foram disponibilizadas 100 vagas aos farmacêuticos que atuam em Palmas, sendo que todas foram preenchidas no primeiro dia devido à rápida procura por parte dos profissionais. Não há previsão de abertura de novas vagas.

De acordo com a presidente da Fesp e conselheira federal de Farmácia pelo Tocantins, Marttha Franco Ramos, a oferta do curso faz parte de uma estratégia para respaldar os farmacêuticos e estimular a expansão da prática voltada para o cuidado ao paciente. “Os farmacêuticos são profissionais que possuem competências e atribuições baseadas na legislação brasileira. Isso permite a atuação clínica para conhecer o problema da pessoa e indicar medicamentos nos casos de baixa gravidade, isto é, aqueles que não exigem diagnóstico e prescrição médica”, esclareceu.     

A Fesp apoia a realização do curso na parte de logística e também será responsável pela emissão dos certificados. As aulas presenciais vão ocorrer no auditório do Instituto Vinte de Maio (IVM), obedecendo às recomendações de distanciamento, uso de máscara facial e álcool em gel, conforme explicam os organizadores do evento. 

 

Legislação

As bases legais que regulamentam as atribuições clínicas dos farmacêuticos estão formalizadas nas resoluções 585 e 586, ambas do ano de 2013. Além disso, a Lei Nº 13.021/2014 ampliou as possibilidades de prestação de serviços clínicos pelos profissionais de Farmácia. Essa lei considera que os estabelecimentos farmacêuticos são unidades de prestação de assistência à saúde e de orientação sanitária individual e coletiva.

Acesse o link  e saiba mais sobre as atribuições clínicas dos farmacêuticos.  

 

Módulos do curso

Introdução à prescrição - 08 e 09/10

Condições respiratórias - 12 e 13/11

Condições gastrointestinais - 03 e 04/12

Condições dermatológicas - 18 e 19/02

Condições genito-urinatárias/ condições dolorosas e inflamatórias-18 e 19/03

Cessação tabágica-15 e 16/04