Fesp capacita novos colaboradores em ‘Oficinas de Trabalho para os Gestores de Aprendizagem’

Fundação Escola de Saúde Pública

Autor: Redação Fesp | Publicado em 20 de outubro de 2021 às 18:42

Iniciada no dia 13 de setembro, a capacitação promoveu cinco encontros/oficinas

A Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp), finalizou mais uma de suas capacitações nessa terça-feira, 19. Desta vez, foi ofertada, em módulos, as ‘Oficinas de Trabalho para os Gestores de Aprendizagem’ da fundação. Iniciada no dia 13 de setembro, a capacitação promoveu cinco encontros/oficinas.

Dentre as principais competências dos gestores de aprendizagem estão: apoiar a gestão do Plano Integrado de Residências em Saúde (Pirs) nas atividades administrativas dos Programas por meio do monitoramento (frequência, plano de ensino, Termos de Referências (plano de aulas) e avaliação formativa e somativa) e educação permanente. Além de contribuir com a aprendizagem significativa, irão fomentar a produção científica a partir da pesquisa aplicada ao Sistema Único de Saúde (SUS);

As oficinas trabalharam todas essas atribuições e competências que estão sendo construídas de forma coletiva entre os gestores de aprendizagem, coordenações de programas e Núcleo de analista e técnico pedagógico do Pirs. “Está é uma atividade em que teremos grandes avanços qualitativos no plano integrado de residências, além de sermos o primeiro programa do Brasil a ter o gestor de aprendizagem e construir suas atribuições no âmbito da Educação Permanente em saúde, declarou a coordenadora do Pirs”, Socorro Sarmento.

Quem é o gestor de aprendizagem?

O gestor de aprendizagem é um novo ator que vem contribuir com os processos pedagógicos da fundação. Ao todo, são seis gestores, selecionados dentro do processo seletivo de tutores do Plano Integrado de Residências em Saúde (Pirs) divulgado no dia 31 de agosto que estão atuando desde o dia 13 de setembro. Este novo colaborador deve estar implicado com os seguintes princípios:
- Educação crítico-reflexiva embasado em um processo de ensino-aprendizagem emancipador

- Educação se constrói a partir/nos espaços vivos dos cenários de prática

- Ensino em serviço, integração teoria prática, inseparabilidade entre formação e intervenção