FMA e parceiros discutem proposta de incubadora social

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Redação FMA | Publicado em 20 de dezembro de 2018 às 10:26

Objetivo é apresentar metas, ações e atividades da prestação de serviços proposta pela parceria Fapto-IFTO-UFT

A presidente da FMA, Meire Carreira, esteve reunida com representantes do grupo de discussão sobre a incubadora social que visa à realização de seminários para catadores e catadoras para troca de experiência e incubação de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES), objeto do Edital de Licitação 001/2018. O encontro foi realizado na última terça-feira, 18, na sede da FMA.

 

O grupo é composto pelo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) campus Palmas, Ministério Público Estadual (MPE), Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), além da própria Fundação Municipal de Meio Ambiente de Palmas (FMA).

 

A proposta visa apresentar as metas, as ações e as atividades da prestação de serviços, proposta pela parceria Fapto-IFTO-UFT, para a realização de seminários para catadores e catadoras visando à troca de experiência e a incubação de Empreendimentos Econômicos Solidários em 13 regiões do estado do Tocantins, conforme detalhamento da base territorial determinada no Edital 001/2018, referente ao Processo 00.330/4100/2017, a saber: Araguaína, Araguatins, Arraias, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Porto Nacional, Tocantinópolis.

 

Para a presidente da FMA, Meire Carreira, o fortalecimento das capacidades empreendedoras dos catadores e catadoras de Palmas está diretamente associado ao sucesso do programa de coleta seletiva. “A Fundação, portanto, tem total interesse em colaborar com esse processo da Incubadora Social”, destacou.