FMA realiza oficina e plantio de mudas no Centro de Artes e Esportes Unificados, no setor Morada do Sol II

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Márcio Greick | Publicado em 04 de junho de 2019 às 12:33

A programação contou com a parceria da Associação de Moradores do setor

A Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMA) realizou na manhã desta terça-feira, 04, várias atividades dentro da Semana do Meio Ambiente, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), no setor Morada do Sol II. A programação contou com a parceria da Associação de Moradores do setor.

 

A primeira atividade do dia foi a realização da oficina de fabricação de sabão caseiro a partir do reaproveitamento de óleo de cozinha utilizado e recolhido pelo programa Renova Palmas. A receita é muito simples, com sete litros de óleo de cozinha usados, dois litros de leite, um kg de soda e uma essência para dar uma fragrância ao produto, é possível produzir cerca de 40 barras de sabão caseiro, foi o que explicou a gerente de Educação Ambiental da Fundação do Meio Ambiente, Marineiva Pereira de Sousa. “Com o reaproveitamento do óleo de cozinha usado é possível produzir sabão com baixo custo o que ajuda na economia caseira”, disse.

 

A dona de casa Aline Patrícia conta que usa bastante sabão líquido produzido em casa a partir do óleo que ela reutiliza.  “Eu mesma quem fabrico e dá para eu utilizar durante três meses para lavar louças e roupas”, disse.

 

Para o diretor da Fundação do Meio Ambiente, Marcelo Grison, a Semana do Meio Ambiente está sendo bastante propositiva. “A ideia é sensibilizar a população quanto aos problemas que acontecem nesta região como as queimadas e a gestão dos resíduos sólidos”, disse.

 

Durante as atividades foram distribuídos panfletos sobre a prevenção às queimadas. O estudante Morone Luz Viana, morador do Setor Santa Fé II, aprovou a iniciativa. “Nós aprendemos como prevenir as queimadas que podem provocar erosão e assoreamento”, concluiu.

 

Em seguida a equipe da FMA realizou o plantio de mudas frutíferas e de sombreamento como oiti, caju, guapeva, no pátio do CEU, com a participação de estudantes e crianças da comunidade.

 

Para o coordenador pedagógico do centro Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), Ivanberto Lemos, todas as ações realizadas durante a Semana do Meio Ambiente são de interesse coletivo. “O que estamos fazendo é discutir e orientar a comunidade com relação à preservação do meio ambiente, envolvendo toda comunidade do entorno do Centro de Artes”, concluiu.