FMA reduz doação de mudas durante o período de estiagem

Fundação Municipal de Meio Ambiente

Autor: Georgethe Pinheiro | Publicado em 03 de maio de 2022 às 14:47

Em tempo de escassez de chuvas o plantio de árvores exige mais cuidados; cultivo no início da Primavera tende a brotar mais rápido

A doação de mudas à população pela Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA) deve ser reduzida durante o período de estiagem, visto que nesse tempo são necessários mais cuidados com o plantio e cultivo para que a planta vingue, segundo explicou o engenheiro agrônomo Roberto Campos, responsável pelo Programa ‘MudaClima’ e pelo Viveiro Municipal.

De acordo com o especialista, para que uma árvore se desenvolva quando não há chuvas para molhá-la naturalmente, é necessário que exista rega, ou irrigação de acordo com a necessidade específica de cada planta.

O agrônomo lembra ainda que quando se trata de árvores frutíferas, apesar delas poderem ser cultivadas o ano inteiro, as que são plantadas no início da primavera, que no Brasil acontece entre os meses de setembro e dezembro, tendem a brotar mais rápido.

Campos diz que a exemplo do ano passado, a tendência é que a FMA suspenda os plantios e as doações de mudas nos meses mais quentes do ano, para evitar que as plantas morram por condições climáticas adversas. “Atualmente temos mudas bem novas no viveiro e quando chegar a época das chuvas novamente elas devem estar em melhores condições de plantio”, comentou.

No entanto, as pessoas que desejarem retirar mudas antes da doação ser totalmente interrompidas devem solicitar à Fundação, pelo e-mail gabinetfma@gmail.com. Por enquanto ainda estamos entregando até cinco mudas por moradores das áreas urbanas e até dez mudas para áreas rurais. “Em ambos os casos será necessária a comprovação de endereço”, orientou.

Já a retirada das plantas será realizada no Viveiro Municipal (Horto Florestal) de Palmas, localizado na AVSO 40, Avenida LO-09, esquina com a avenida NS-01, às terças e quintas-feiras, no período das 8  às 12 horas.