Gerentes das unidades de saúde trocam experiências durante oficina

Secretaria da Saúde

Autor: Redação Semus | Publicado em 13 de março de 2019 às 17:58

Trinta e quatro coordenadores dos Centros de Saúde da Comunidade planejam novas ações para 2019


A manhã desta quarta-feira, 13, foi reservada aos 34 coordenadores dos Centros de Saúde da Comunidade (CSCs) para compartilhar experiências e planejar as novas ações para o ano de 2019. O encontro que aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) foi conduzido pela superintendente de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, a enfermeira Gillian Cristina Barbosa e a diretora de Atenção Básica, Maria Amélia Souza.

 

Na ocasião, Gillian Cristina, cumprimentou os coordenadoras e expôs, de forma clara, que o planejamento é imprescindível para uma boa tomada de decisão em todos os aspectos da gestão, principalmente na organização dos serviços e definição dos protocolos e linhas de cuidado. “Estamos aqui para ouvi-los, mas é importante não deixar de falar dos elementos estratégicos no planejamento, pois é por meio deles que o gestor e a sua equipe conseguem trabalhar no enfrentamento de problemas e no desenvolvimento de ações que atendam às necessidades e expectativas do usuário do Sistema Único de Saúde (SUS)”, observou agradecendo a dedicação de cada um, e pedindo ainda mais empenho para que o serviço seja feito de forma coletiva e qualificada.

 

A diretora de Atenção Básica, Maria Amélia, explica que durante todo o ano, várias oficinas como a de hoje serão realizadas, pois ela acredita que será mais uma ferramenta para conhecer de perto as demandas dos CSCs e também de ampliar o contato entre os coordenadores. “Notamos o quanto este encontro trouxe realidades vividas no dia a dia dentro dos Centros de Saúde que muitos de nós não as conheciam. Sinto que os encontros irão contribuir para melhorar o trabalho dentro da unidade e assim melhorar também a saúde da população, agregando adesão das equipes, atingindo resultados e, assim, fortalecendo o SUS”, ressaltou a diretora.

 

Maria de Jesus Freitas que é coordenadora no Centro de Saúde da Comunidade do Jardim Taquari disse que participar da oficina foi uma inovação. “É mais uma oportunidade de aprendizado, de troca, de explanar sobre as nossas expectativas e também apresentar como o Centro de Saúde que coordenamos funcionam”, contou entusiasmada.