Gestores debatem fluxo de funcionamento e atendimento do NAI

Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social

Autor: Eliene Campelo/ Edição: Lorena Karlla | Publicado em 25 de maio de 2022 às 12:15

O núcleo será inaugurado e irá prestar atendimento especializado na acolhida, no acompanhamento e no direcionamento de adolescentes em conflito com a lei

Em reunião realizada nesta terça-feira, 24, representantes dos órgãos que irão compor o Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) discutiram o funcionamento e o fluxo de atendimento a ser ofertado no local. O NAI irá prestar atendimento especializado na acolhida, no acompanhamento e no direcionamento de adolescentes em conflito com a lei e o prédio que abrigará o Núcleo já está em fase de conclusão.

“Estamos nas etapas finais da construção e já iniciamos os preparativos para o início dos atendimentos no NAI, um serviço novo, voltado para o acolhimento e direcionamento de adolescentes em conflito com a lei e que será gerido pela Prefeitura mas, de forma compartilhada com órgãos como o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública Estadual, a Secretaria Estadual de Segurança Pública e o Poder Judiciário”, explicou Simone Sandri, titular da Secretaria de Desenvolvimento Social de Palmas (Sedes).

O juiz titular do Juizado Especial da Infância e Juventude, Adriano Gomes de Melo Oliveira, estava presente na reunião e falou da importância dos entes estarem em sintonia para prestarem um serviço de excelência aos adolescentes e seus familiares. “O novo local vai nos trazer mais agilidade e mais proximidade com os demais órgãos que atuam no fluxo de atendimento. Por isso, a importância de discutirmos agora os fluxos, as despesas, plantões e todo o funcionamento do NAI”, destacou o magistrado.

O Conselho Tutelar, as Polícias Civil e Militar e a Guarda Metropolitana, as Secretarias de Saúde e de Educação e as Fundações de Esportes e de Cultura também são órgãos que atuam na assistência ao adolescente atendido no NAI e sua família.