Higienização das estações de ônibus recebe reforço com bomba costal motorizada

Secretaria da Saúde

Autor: Márcio Greick | Publicado em 01 de abril de 2020 às 12:43

O uso de hipoclorito de sódio é uma ação não farmacológica de contenção da disseminação do coronavírus

As ações de combate ao avanço do coronavírus (Covid-19) continuam de forma intensificada na Capital.  Na manhã desta quarta-feira,01, oito agentes de endemias da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) se revezaram nas três principais estações de ônibus da Capital, Apinajé, Javaé e Xerente, e fizeram a higienização como forma de prevenção à Covid-19.

 

Na Estação Apinajé, a maior da Capital, o trabalho de higienização recebeu reforço com uma bomba costal motorizada, cedida por uma empresa da Capital, com dois agentes trabalhando pela manhã e dois à tarde.

 

Segundo o gerente da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses de Palmas (UVCZ), Auriman Cavalcante Rodrigues, a limpeza está sendo realizada conforme o cronograma de serviços. “Durante o dia os profissionais realizam seis higienizações com hipoclorito de sódio a 20%”, destacou.

 

A limpeza contempla as estações Apinajé, (localizada na Avenida Teotônio Segurado, em frente ao Lavajato Fragata), Xerente, (localizada no Jardim Aurerny III, próxima à Escola Municipal Estevão Castro) e na Estação Javaé, (localizada em Taquaralto, próxima ao Posto Trevo), e é executada pelos agentes de endemias (ACEs) da Secretaria Municipal de Saúde (Semus)

 

Estas ações de combate ao coronavírus (Covid-19) são realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA) e Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu).