IVM/EGP qualifica servidores na área de elaboração e gestão de projetos

Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia

Autor: Redação IVM | Publicado em 26 de março de 2019 às 09:41

Qualificação teve início nesta segunda-feira, 25, com sala cheia

Com conteúdo e abordagem sobre a introdução ao gerenciamento de projetos, foram iniciadas nesta segunda-feira, 25, as aulas do curso de Elaboração e Gestão de Projetos, promovido pelo Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciências e Tecnologia (IVM), por meio da Escola de Governo de Palmas (EGP). A turma, cujas atividades seguem em dias alternados até 03 de abril, nos horários matutino e vespertino, começou com sala cheia.

 

Auriany de Souza Brito, que é gerente de Convênios na Secretaria Municipal de Habitação, é uma das alunas. A servidora diz que se inscreveu, porque já trabalha com projetos há seis anos e acredita que esta é uma boa oportunidade para agregar conhecimento e se atualizar, visto que “áreas de projetos sempre se renovam”, disse. Ela afirma que, além de auxiliar na área em que atua, o curso poderá contribuir para o planejamento da vida pessoal.

 

O técnico em enfermagem, Gerivaldo Silva de Sousa, do Centro Municipal de Vacinas (Cemuv), acredita que o curso o ajudará a compreender a estrutura organizacional de projetos, passo a passo. Segundo Sousa, muitos servidores têm ideias que podem beneficiar a quem depende do atendimento público, mas não sabem como materializar e executar esses projetos, por isso a importância da qualificação. Ele afirmou que “o professor têm uma ótima didática e que esse curso beneficiará até mesmo projetos pessoais”.

 

Já Gleide Adriane Gonçalves Sousa, que também é servidora na Secretaria Municipal da Habitação, afirma que o curso irá ajudá-la a ter noção de como funciona o processo de criação de um projeto, até a prática. “Quero saber como funciona todo o processo de criação de projetos e ter mais conhecimento sobre o assunto, pois não tenho experiência nesta área”, disse.

 

Conteúdo

 

Além de introdução ao gerenciamento de projetos, durante o curso, que tem a carga horária de 40 horas, os participantes terão a oportunidade de estudar assuntos como: elaboração e planejamento, obedecendo às normas estabelecidas; desenvolvimento de plano de trabalho; avaliação de viabilidade, monitoramento e controle de projetos, dentre outros.

 

A qualificação é ministrada pelo servidor multiplicador Magnus Aparecido Matos Pereira, que é graduado em Ciências Econômicas pela UFT (2008); especialista em Gestão Pública e Sociedade (UFT-2011); e coach integral sistêmico. É guarda metropolitano de Palmas desde junho de 2002, tendo ocupado diversos cargos e funções na gestão municipal.

 


Revisão e postagem: Iara Cruz